Fechar
Passado

A Fazenda 13: Antes amigos, MC Gui e Nego do Borel são rivais em reality; entenda

Nego do Borel e MC Gui já foram amigos antes de A Fazenda 13, mas agora estão em lados opostos do jogo

Augusto ViannaRepórter do EM OFF

Quem acompanha A Fazenda 13 já percebeu que o clima entre os participantes Nego do Borel e MC Gui não é dos melhores dentro do confinamento. Gui não faz questão de esconder que tem problemas com Borel antes de entrar na casa. Frequentemente, ele menciona algo que ocorreu entre eles fora do programa, porém, o mesmo diz não querer expor o ocorrido para público. 

O jornalista Leo Dias revelou em sua coluna para o portal Metrópoles quais foram os principais motivos para que eles brigassem. Ele diz que MC Gui e Nego do Borel apesar de não se darem bem há anos, já foram bem amigos. Tudo começou em 2019, quando MC Gui foi cancelado na internet, após zombar de uma menina com câncer nas redes sociais durante viagem à Disney. 

Neste mesmo ano, eles teriam uma parceria marcada, ou seja, fariam uma música juntos. De acordo com Leo, Nego acabou declinando a ideia de cantar com Gui depois que ele foi cancelado. Gui teria ficado bastante chateado, pois Nego do Borel não tentou ajudar o até então amigo no momento em que precisou.

Nego do Borel, Duda Reis e o cancelamento

Continua após a publicidade

Hoje em dia, Nego do Borel é o cancelado da vez. O funkeiro já se envolveu em polêmicas antes de A Fazenda. Duda Reis, ex-namorada de Nego do Borel, o acusou de agressões e ameaças. Os dois tiveram um relacionamento conturbado. No Instagram ela desabafou. “Eu sofri sim agressão. Eu sou vítima de agressão verbal, física. Não foi só uma vez“, disse. Duda ainda registrou um boletim de ocorrência contra Nego do Borel.

Duda alegou às autoridades da Delegacia da Mulher, no Rio de Janeiro, que chegou a ser dopada com remédios e estuprada pelo ex-noivo durante uma viagem para Portugal. Ele fez uma turnê pelo país em 2019. De acordo com Duda, ela estava usando o medicamento alprazolam, indicado para combater crises de ansiedade e transtorno do pânico.

Duda Reis ainda relatou que a medicação era usada sob recomendação médica e deveria ingerir apenas 2 mg por dia. No entanto, durante a viagem, Nego do Borel teria a incentivado ela a aumentar a dose. Duda diz que chegou a ingerir 8 mg e ficou dopada.

Ainda de acordo com Duda Reis, enquanto ela estava nessas condições, o funkeiro teria mantido relações sexuais com ela sem consentimento. Ela diz que pedia para que ele parasse e ele não parava. A acusação configurou em crime de estupro. Segundo o boletim de ocorrência, a influenciadora teria sido agredida nessa mesma viagem para Portugal.

Durante a mesma viagem, o autor [Nego do Borel] forçou a vítima a acompanhá-lo em um show e que, perante a recusa da vítima, o autor a empurrou contra um cabideiro no local onde eles estavam. Ela caiu sobre o solo, resultando em lesão em suas costas e pernas“, diz o documento.

Mesmo machucada, a vítima ainda foi obrigada a acompanhá-lo ao show, ela estava dopada pelo medicamento alprazolam, mas durante o percurso pedia para sair do veículo e retornar ao hotel. Ao parar o veículo, o autor a forçou a sair, mas ela se recusou. A equipe que estava com o autor impediu que ele a abandonasse em um local deserto. O autor dizia que as crises psicológicas e emocionais eram bobagem“, diz o boletim.

Tags Relacionadas: