Fechar
Caiu na Real!

BBB21: Nego Di sobre eliminação “Karol Conká me manipulou”

Brother detonou seus companheiros Projota e Karol Conká

Aline TorresRepórter do EM OFF

Nego Di foi o eliminado dessa terça-feira (17) e ninguém esperava que seria ele o brother que pegaria a coroa de maior rejeição da história do BBB que antes era de Patrícia Leite (BBB18) com o número bem expressivo: 98,7%. Após eliminação o brother bateu um papo rápido com Tiago Leifert.

Tiago falou sobre a porcentagem logo de cara e Nego Di ficou sem reação, mas conseguiu responder à todas as perguntas do apresentador, já adiantando que seria com Ana Maria Braga com quem teria que responder muitas outras.

Já no Mais Você, Ana Maria exibiu várias cenas de Nego Di falando de Lucas Penteado. Logo em seguida, após a questionação se havia exagerado, ele respondeu:

“Quando a gente está lá dentro, o que a gente sente é diferente do que se vê aqui fora. Ele questionou alguns princípios do meu caráter e me colocou em debates delicados. Se ele esperasse um pouquinho para me procurar, eu tenho meu tempo, ia ficar tudo bem, mas ele não esperou. Estava preocupado com ele aqui fora”.

Continua após a publicidade

“Ele tentava levar para outro lado, principalmente quando bebia. Ele fazia coisas com as meninas. Eu não presenciava as coisas, sabia pelos outros. E fui me afastando. A gente tinha uma história e me deixou triste pensar que ele ornou uma história. Será que não era verdade as conversas que a gente teve. Eu me decepcionei muito. Quando a gente sai, a gente vê as coisas que ele passou. Quando ele falava comigo era de uma forma, com o Projota, de outra forma. A Karol de outra forma”, completou.

O próximo assunto foi sobre Projota e Karol Conká.

“Por eles serem famosos, me passavam coisas, e ficou parecendo que eu era o manipulador. O Projota falava mal das pessoas e dançava com a mesma pessoa. A Karol fazia politicagem”, justificou-se o humorista.

Nego Di continuou falando de Karol:

“Depois de alguns vídeos, vi que estava no meio de pessoas que seguiram um caminho errado. A Karol foi a principal que parei para analisar. Eu falava de uma militância exagerada, mas ela me trazia as coisas de uma maneira e não via. Não vi a maneira que ela tratou o Lucas, no almoço por exemplo. As informações chegavam de outra maneira”

“Tem situações ali que a gente não está presente e chegam pra gente de forma deturpada. Falava para Karol que a Lumena era radical, colocava gasolina. Não era de acordo com várias coisas que aconteciam. Não tinham noção de quão grave eram as coisas. Decidi confiar nas pessoas erradas. Me senti, eu achava que era um grande jogador, mas estava sendo usado”, enfatizou o brother.