Fechar
INDIGNADA

Carla Diaz é intimada a depor como vítima em processo de ‘racismo reverso’

A atriz é apontada como vítima de racismo enquanto estava confinada no reality show da Globo

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A atriz e ex-BBB21 Carla Diaz revelou na tarde desta quinta-feira (08) que foi intimada a prestar esclarecimentos em um processo de injuria racial protocolado na Decradi (Delegacia de Combate a Crimes Raciais e Delitos de Intolerância) do Rio de Janeiro. Ela é apontada como vítima de racismo enquanto estava confinada no reality show da Globo.

A artista fez a revelação em suas redes sociais. “Aconteceu uma coisa muito chata, mas quero que saibam por mim“, disse a atriz no vídeo postado no Instagram e no Twitter. “Essa semana fui surpreendida por um policial do Decradi, delegacia de crimes raciais“, explicou a ex-participante do BBB21.

Eu levei um susto, até porque alguém pediu para a delegacia instaurar um inquérito e eu vou ter que prestar esclarecimentos sobre um procedimento de preconceito racial como se eu fosse a vítima. Como se eu tivesse sido vítima de discriminação“, reforçou a global, indignada.

O processo foi iniciado pelo deputado estadual bolsonarista Anderson Moraes (PSL-RJ), que protocolou uma notícia-crime na Decradi contra a participante Lumena por racismo em fevereiro.

Continua após a publicidade

Na ocasião, o deputado disse que a baiana teve “fala pejorativa e ofensiva generalizada à raça branca”. “Um caso claro de racismo de duas jovens negras contra pessoas brancas. Pedimos para a Decradi apurar os fatos e se manifestar pela expulsão dela do programa. Se fosse o contrario, o que seria igualmente crime, já teriam se mobilizado para combater o racismo“.

‘Racismo reverso’

Carla Diaz aproveitou a oportunidade para reforçar que racismo reverso não existe. “Acho importante afirmar aqui que racismo reverso não existe. Gente, por favor, vamos ler, vamos nos informar, a internet está aqui para isso. O programa debateu racismo a semana toda“.

A atriz comentou ainda que está chateada com o acontecido e que não tem muitas informações sobre o caso. “Eu estou muito chateada com essa situação. Tudo isso começou quando eu ainda estava na casa e usaram meu nome sem o meu conhecimento. Quero dizer que eu acho isso tudo um absurdo, meu advogado já está vendo isso. Então, assim que eu tiver mais informações eu aviso vocês“, finalizou.

Durante a edição 2021 do BBB, Carla Diaz e Lumena tiveram algumas desavenças. A baiana chegou a afirmar que não gostava “dessa coisa sem melanina, desbotada”, que a atriz tinha um ego muito grande e estava “cagada na merda da branquitude”.

A construção do racismo refere-se a grupos em posição de poder que subjugam outros grupos para obtenção de vantagens e privilégios a partir dessa subordinação“, disse Márcia Lima, professora do Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo e coordenadora o Núcleo de Pesquisa e Formação em Raça, Gênero e Justiça Racial do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Afro-Cebrap), em entrevista à BBC Brasil.