Fechar
Sarah merece respeito!

Hoje as Lumenas perseguem Sarah Andrade

cancelamento covarde explica juventude doente

REDAÇÃO do EM OFF

Durante o primeiro mês de programa, Sarah Andrade mostrou ser uma jogadora inteligente, empática e justa, porém, cometeu o crime de em uma democracia exercer o poder do voto e publicizar sua opinião.

Em uma conversa no quarto, a loira odonto confessou que era contra o impeachment de Jair Bolsonaro porque gostava do presidente e as redes sociais não perdoaram, um movimento contra Sarah nasceu de forma cruel, desproporcional e principalmente injusta. É bom lembrar que Karol Conka, Lumena e Projota são pessoas de esquerda e isso não os isentou de humilhar Lucas Penteado enquanto a nossa Joice Hesselman do BBB acolheu o jovem nesse momento de injustiça e desamparo. Inclusive o topa-tudo-por-engajamento, Felipe Neto, entrou na campanha contra a loira.

Embora pareça revolucionário, cancelar participantes de reality show por suas opiniões políticas antes do jogo não possui efetividade real na vida pública. Sarah não é presidenta, Juliette não é deputada e Gilberto não é ministro da economia. E… pasmem… a votação do gshow não decide eleição presidencial. Só a lumenização dos jovens explica esse tosco e bizarro cancelamento

Continua após a publicidade

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff

Tags Relacionadas: