Fechar
Boninho faça algo!

Nada acontece no programa e o BBB 21 virou uma reedição do BBB 19

Edição está monótona e sem sal

Bruno CoutoColunista do EM OFF

As primeiras semanas da atual edição foram as mais intensas da história do Big Brother Brasil. Confusões – que por vezes extrapolaram o limite do entretenimento – e personagens que despertaram o ódio do público movimentaram as redes sociais. Após a eliminação dos vilões e a consequente monotonia na casa, o público se pergunta; queimamos (ou queimaram) a largada?

Depois da saída de Nego DI, o grupão do mal já pressentiu o que estava por vir e se apequenou no jogo. Mamacita não dava as caras como antes, o moleque de prédio ensaiava os primeiros flertes com Arthur e Lumena não problematizava como outrora, era mesmo um prenúncio do que estava por vir.
Com o definitivo fim do grupo, a casa se transformou em um jardim recheado de plantas e a pauta principal do programa virou o sem sal relacionamento entre Carla Diaz e o terrível Arthur carisma de joelho, até mesmo o G3 que no enredo do primeiro mês brilhava por se opor aos subordinados de Karol Conka se apequenou.

O show mesmo ficou por parte dos fandons do Twitter (um mais mala que o outro) mas mesmo a disputa estando acirrada, o vencedor nesse momento é o dos cactos com a inacreditável e insuportável maior trupe de jovens desocupados na internet.

Infelizmente, não acontece nada no programa há duas semanas. O BBB 21 virou a edição das plantas sem sal, nem mesmo o jogo da discórdia movimenta mais a casa, o paredão falso também não empolga o público e causa sono. Em resumo, o que se espera nesses dois meses restantes é uma reedição do BBB 19. Haja saco.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: