Fechar
INEXPLICÁVEL!

Só na edição do anti-jogo para Fiuk vencer Caio Caloteiro

isso diz muito sobre o formato do reality

Bruno CoutoColunista do EM OFF

Durante suas trajetórias de quase três meses na casa, Fiuk e Caio trilharam caminhos opostos; um se escondeu do jogo e outro ao menos tentou jogar.

No começo do programa, Fiuk abraçou o personagem do homem branco desconstruído pedindo desculpas a todo momento por pertencer ao grupo e, por isso, foi responsável pela maior taxa de vergonha alheia na edição. Depois disso, viveu um terrível e sem sal romance com Thaís, a participante mais chuchu da edição. Nos últimos dias, é justo lembrar, criou uma treta bacana com Arthur que movimentou a casa.

Por sua vez, Caio Caloteiro desde o início do reality foi amigo do entretenimento formando a amizade mais bacana da edição e protagonizando bons momentos ao lado do parceiro Rodolffo. Ainda combinou votos, foi falso e traído por VihTube. Isso é a essência do jogo.

Analisando a trajetória de ambos na casa, beira a loucura deixar o filho de Fábio Júnior no lugar do inimigo dos cheques. Mais; expõem o caráter bizarro é injusto que virou o programa com subcelebridades, se ambos fossem anônimos não restaria dúvida ao público.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: