Fechar
REALITY

#TBT: Veja como estão hoje todos os ganhadores do Big Brother Brasil

Veja qual dos vencedores do reality show não souberam administrar a premiação.

Neto MacielRepórter do EM OFF

O BBB21 é um fenômeno e tem alcançado altos índices de audiência. Nada mal para um formato que estreou na Globo há quase 20 anos, em 2002. O reality show fez sucesso na época pelo fato de ainda ser novidade no Brasil uma atração na qual pessoas desconhecidas viviam confinadas para disputar um valor em dinheiro (R$ 500 mil, na primeira edição).

Do BBB5 ao BBB9, o prêmio aumentou para R$ 1 milhão e, conforme a popularidade do programa aumentava, sua premiação também acompanhava esse crescimento. Desde a décima edição de Big Brother Brasil, o campeão fatura R$ 1,5 milhão.

Para relembrar todas as edições anteriores, o EM OFF mostra agora todos os campeões e fala sobre o que fizeram com a mais cobiçada premiação da televisão brasileira, além de mostrar seus antes e depois:

BBB1: KLEBER BAMBAM 

Com 68% dos votos, Bambam saiu do programa com R$ 500 mil no bolso. Depois de vencer a primeira edição do reality, investiu em construção civil, compra e venda de imóveis, pontos comerciais em shoppings e até em ações. Hoje, perto de completar 42 anos, Bambam conseguiu unir sua paixão pelo esporte ao talento para faturar.

BBB2: RODRIGO LEONEL

Com 65% dos votos, o cowboy não soube administrar sua premiação e perdeu seus R$ 500 mil depois de investir em gados e apartamentos para as duas filhas. Ele se endividou com o banco e acabou passando até por dificuldades, tendo que vender metade do gado e imóveis para tentar quitar suas dívidas. Em entrevista a programas de TV, Leonel, que tem 51 anos, se lamenta por não ter tido sabedoria de administrar o dinheiro do prêmio e ter deixado nas mãos de terceiros essa responsabilidade.

BBB3: DHOMINI

Com 51% dos votos, o goiano investiu seu prêmio de R$ 500 mil em terrenos, imóveis e em um posto de gasolina. No entanto, o ex-BBB não conseguiu ter o retorno esperado de seus investimentos. Hoje, aos 49 anos, Dhomini não vive mais do prêmio do programa, revelou no ”Altas Horas”. “Nunca tinha pegado uma ‘grana’ dessas. Errei algumas vezes, acertei outras… Mas não vivo mais do prêmio”. Hoje, Dhomini trabalha para uma empresa de perfumes e vive das revendas junto da esposa.

“BBB4”: CIDA DOS SANTOS

Com 69% dos votos, Cida conseguiu o prêmio de R$ 500 mil e se tornou a primeira mulher campeã do reality. Com o valor de sua premiação, Cida diz ter comprado a casa dos sonhos em Mangaratiba, comprou uma casa para sua irmã, ajudou alguns parentes a quitar dívidas e aceitou ser fiadora de uma ex-assessora. No entanto, a mulher não pagou o que devia e Cida foi acionada na Justiça. No decorrer do processo, a ex-BBB acabou tendo muitos custos com advogados e perdeu todo o dinheiro. Atualmente, vive com os dois filhos e o marido em uma casa simples em Itaguaí, região metropolitana do Rio de Janeiro.

BBB5″: JEAN WYLLYS

Com 55% dos votos, Jean venceu a edição e faturou R$ 1 milhão. Devido a sua discrição, ele nunca comentou o que de fato fez com o dinheiro, porém, Jean se destacou em outra área. Jornalista, escritor e professor, Jean entrou no mundo da política cinco anos depois de participar do BBB. Ele foi eleito deputado federal pelo PSOL em 2010. Em 2014 e em 2018, foi reeleito para o cargo. Porém, na última eleição, não chegou a ocupar a vaga na Câmara dos Deputados. Depois do assassinato da deputada Marielly Franco, também do PSOL, Jean se mudou para Alemanha onde vive até hoje se dedicando aos estudos.

BBB6″: MARA VIANA 

Com 47% dos votos, a baiana faturou o prêmio da edição. Ela investiu o valor de R$ 1 milhão em imóveis e comprou uma pousada em Porto Seguro, no sul da Bahia. Devido a forte concorrência e o turismo, Mara teve que mudar e demoliu a pousada, que logo se transformou em um prédio. O prêmio não somente foi investido em imóveis como também na saúde de sua filha, que era deficiente física e tinha dificuldade de se locomover. Hoje sua filha tem 21 anos e estuda direto. Mara, que já era formada em Teologia, se formou em psicologia aos 48 anos.

“BBB7”: DIEGO ALEMÃO

Com 91% dos votos, Diego levou o R$ 1 milhão e investiu em imóveis. Ele construiu e comprou apartamentos para revenda. Também atuou como apresentador por alguns anos no programa “A Eliminação” do canal Multishow. Além disso, Alemão ficou responsável pela administração da empresa de sua família, uma assistência técnica em São Bernardo do Campo.

“BBB8”: RAFINHA

Com 50,15% dos votos, Rafinha investiu seus R$ 1 milhão em imóveis, estúdio de música, um estúdio de tatuagem em Campinas, viajou bastante e afirma que gastou bastante com a namorada.

“BBB9”: MAX PORTO

Com 34,85% dos votos, Max venceu a edição e até hoje não conta o que fez com sua premiação. O ex-BBB afirma que ajudou quem precisava e não investiu em nada, apenas gastou com coisas pessoais e quitou algumas dívidas.

”BBB10” : MARCELO DOURADO

Com 60% dos votos, Marcelo foi o primeiro a faturar R$ 1,5 milhão. O ex-lutador de MMA participou da quarta edição do reality, porém, foi eliminado. Depois de ganhar a décima edição, investiu todo seu dinheiro em academias de artes marciais na cidade do Rio de Janeiro, onde ele residia. Os investimentos do ex-BBB tiveram retornos tão grandiosos que o tornaram um grande empresário pós reality. 

 “BBB11”: MARIA MELILLO

Com 43% dos votos, Maria conseguiu conquistar o prêmio de R$ 1,5 milhão e investiu em imóveis, comprou um apartamento e guardou o resto do dinheiro. A vencedora da 11º edição nunca deu detalhes sobre que fez com o dinheiro do prêmio. “Cansei de ter que prestar conta às pessoas em relação ao prêmio“, disse. A sister ganhou muitos frutos depois da participação no Reality. Na época, entrou para o elenco do extinto “Casseta e Planet”, na Globo, fez muitos ensaios para revistas e trabalhou na “TV Fama”, da Rede TV.

BBB12″: FAEL CORDEIRO

Com 92% dos votos, o cowboy não só faturou o prêmio de R$ 1,5 milhão como também bateu o recorde de maior porcentual de votos em todas as edições do programa. Fael comprou duas fazendas e montou um centro de capacitação para veterinários e agrônomos. Com a vitória do reality, hoje Fael trabalha com exclusividade à criação de gado, reprodução, inseminação e serviços de tecnologia na área.

BBB13″: FERNANDA KEULLA 

Com 62,79% de votos, Fernanda decidiu deixar seus R$ 1,5 milhão na responsabilidade do pai, reformar a casa dele em Carmópolis e também investiu nos estudos da filha que, recentemente se formou em Medicina. A gaúcha, que também é advogada, deixou o direito de lado e tentou investir em uma carreira na TV. Comandando um programa local na Globo Minas, foi escalada para a reportagem e apresentação do Vídeo Show e voltou a participar do BBB em 2018, com a cobertura dos bastidores do reality. Em 2019, a mineira foi promovida para apresentar o #RedeBBB

“BBB14”: VANESSA MESQUITA

Com 53% dos votos, Vanessa decidiu colocar o dinheiro em um fundo de investimentos e, sempre que puder, reaplicar o valor. Aos 34 anos, construiu sua clínica veterinária, comprou uma casa e posou para a “Playboy”.  Além disso, Vanessa tem uma ONG que resgata animais de rua, a “Pet Van”.

BBB15″: CESÁR LIMA 

Com 65% dos votos, Cesár decidiu guardar seus R$ 1,5 milhão e garantir a segurança financeira de sua família. Formado em Direito e Logística, o paranaense foi conhecido pelo seu jeito do campo e pelas frases “filosóficas”, que renderam várias pérolas no decorrer da edição “estrogonoficamente”, “abestinadamente” e “estroudôntica”.

“BBB16”: MUNIK NUNES

A goiana derrotou Cacau por 6X0, com um total de 62% dos votos. Munik foi a vencedora mais jovem de todas as edições do BBB, aos 19 anos. A goianiense dividiu com seu pai o prêmio e sua metade investiu em empresas e bancos. Após o BBB, ela apostou na carreira de digital influencer. Nas redes sociais, lucra com postagens pagas e chegou até a seguir os caminhos de Kim Kardashian criando seu próprio aplicativo, para que os fãs pudessem interagir com ela por R$ 20. A plataforma foi alvo de críticas de usuários e não engrenou. Mas o BBB não foi o único programa de TV que Munik participou. Em 2018, entrou no Power Couple, na Record, mas, dessa vez, não teve muito sucesso, sendo eliminada no início da competição.

BBB17″: EMILY ARAÚJO 

Com 58% dos votos, Emily ainda fala vagamente sobre como gastou seus R$ 1,5 milhão. Ela diz ter visto nos meios digitais a chance de multiplicar o prêmio. Em entrevista ao “TV Fama”, no ano passado, Emilly afirmou que triplicou o valor com seu trabalho como influenciadora digital e até dava palestras para falar desse trabalho.

BBB18″: GLEICE DAMASCENO 

Com 57,28% dos votos, a acreana (ou como foi titulada, “Fada do Acre”), investiu seus R$ 1,5 milhão comprando uma casa para sua mãe que vivia junto da sister simples na periferia do Acre. O restante do dinheiro ela aplicou em fundos de investimentos.

BBB19″: PAULA VON SPERLING

Com 61,09% dos votos, Paula ganhou os R$ 1,5 milhão e, até hoje, a mineira nunca falou com o que gastou seu prêmio milionário. A única coisa que Paula disse a respeito foi que já havia gastado tudo, porém, nunca explicou com detalhes sobre.

BBB20″: THELMA ASSIS

Com 44,10% dos votos, Thelma venceu a edição do ano passado, levando o prêmio de R$ 1,5 milhão. Thelma, que é médica, sempre teve o sonho de ter uma casa própria e confortável. Só que nesse momento, Thelma colocou o dinheiro para render. “O dinheiro tá lá rendendo frutos“, explicou ela, que ficou famosa depois do reality show. “Daqui uns anos eu vou lá, resgato e realizo o meu sonho da casa própria”, finaliza.