Fechar
Deu ruim

Atleta cotado para o ‘BBB22’ apaga publicações com medo de rejeição

Administradores das redes sociais de Paulo André teriam deletado tuítes antigos para “limpar a ficha” do atleta caso ele vá para o BBB22

Aline TorresRepórter do EM OFF

Fazendo parte da lista de supostos participantes da próxima edição do “Big Brother Brasil”, o atleta olímpico Paulo André, de 23 anos, já começou a vivenciar polêmicas antes mesmo da estreia do programa da TV Globo. O velocista fez alguns comentários polêmicos utilizando o Twitter há alguns anos, gerando uma repercussão negativa entre os internautas.

No entanto, segundo Leo Dias, que confirmou a presença do atleta no “BBB22”, os administradores das redes sociais de Paulo André já trataram de deletar os referidos tuítes na tentativa de limpar a barra do velocista para que isso não atrapalhe o jogo dele enquanto estiver confinado na sede do maior reality brasileiro.

Os comentários são de cunho político, machista e LGBTfóbico. Os internautas foram rápidos e, antes que as mensagens fossem excluídas da rede social, tiraram prints para que elas não fossem esquecidas. Em janeiro de 2016, o atleta publicou apenas uma única palavra em um tuíte agora deletado: “Viado”, escreveu Paulo sem razão aparente para tal atitude.

Ainda em 2016, mas em abril daquele ano, o velocista fez um comentário de cunho machista: “Piranha faz momento, mulher faz história”, disse Paulo André na ocasião. Já nas questões políticas, o atleta também comentou bem no dia das eleições do segundo turno em 2018, quando Jair Messias Bolsonaro venceu pelo voto popular para ser o presidente da República:

Continua após a publicidade

“Porr* na moral, PT de novo não dava não KKKKKK”, escreveu o velocista que foi semifinalista na Olimpíada de Tóquio que aconteceu no ano passado. Os administradores perceberam que esses tuítes poderiam prejudicar Paulo André de alguma forma, então buscaram evitar problemas antes da entrada do atleta no reality show.

Paulo André foi apontado como um dos participantes do BBB22 depois de Boninho, o diretor da atração, soltar um spoiler nesta quinta-feira (13). O Big Boss publicou algumas mãos na tentativa de fazer os fãs do programa adivinharem de quem elas pertenciam. Internautas apontaram o velocista olímpico como sendo um dos donos de uma das mãos apresentadas.

O integrante da comissão de atletismo do Brasil acabou não conseguindo ter um resultado satisfatório nos jogos de Tóquio. Na bateria dos 100m rasos, Paulo André ficou com a oitava posição e na 23ª posição do total de 24 atletas da categoria. O velocista espera ainda participar dos jogos olímpicos de Paris em 2024, na tentativa de conquistar uma medalha ao lado dos maiores velocistas do mundo.

Paulo André é o principal velocista brasileiro e único a conseguir avançar para as semifinais dos 100m. Ao fim de sua participação nos jogos olímpicos, o atleta se emocionou ao falar sobre a falta que seu pai e treinador, Carlos Camilo, estava fazendo, já que ele não havia sido convidado pela comissão técnica da Seleção Brasileira de Atletismo.

“É minha primeira olimpíada, ainda tenho o que analisar. Óbvio que houve erro da minha parte, sim. Mas o fato de o meu treinador não estar comigo pode ser que influencie muita coisa. Eu, no aquecimento, vi todos os meus adversários com os treinadores pregados do lado. Eu era o único que não tinha alguém do lado. A Olimpíada não permite isso. Você tem que ter um treinador ali, para estar com você”, disse na ocasião.