Fechar
Covid no BBB

BBB22: Deputada Carla Zambelli pede intervenção da Secretaria da Saúde no reality

A Deputada Federal pediu para a Secretaria da Saúde do RJ realizar testes nos confinados

Vitor CaiqueRepórter do EM OFF

COVID-19 é um dos assuntos presentes no BBB22 desde o início, com Arthur Aguiar, Linn da Quebrada e Jade Picon infectados antes mesmo do game começar, o assunto voltou a ser pauta nos últimos dias. Após a divulgação de suspeitas de 3 novos casos ativos dentro do reality, a deputada federal Carla Zambelli se manifestou cobrando explicações da Rede Globo e pedindo ajuda da Secretaria da Saúde do Rio de Janeiro.

“Oficiei agora a Secretaria de Saúde do RJ para TESTAREM urgentemente os participantes do BBB. Se um rapaz testou positivo 2 dias depois de sair da casa, só pode ter pego lá dentro. Se há outros com sintomas, já deveriam ter testado E DIVULGADO OS RESULTADOS”, comentou Carla.

Os supostos casos de COVID no Big Brother Brasil voltou a ser comentado após o primeiro eliminado da edição testar positivo dois dias depois da saída da casa, Luciano foi afastado e isolado ainda no hotel após cumprir a agenda de entrevistas pós reality. Fato é que o vírus, assim como especialistas já divulgaram, demora alguns dias para se manifestar no corpo do infectado após o primeiro contato, sendo assim, Luciano pode ter pegado a doença dentro do BBB22.

Outros pontos nessa história tem que ser levados em conta, o participante Vyni tem apresentado alguns sintomas da doença, com tosses fortes e frequentes notadas pelos internautas durante as exibições no ao vivo e na Globoplay, a situação do Brother, que tem tomado medicações, de acordo com a produção, aparenta não melhorar mesmo com todos os cuidados médicos auxiliados pela produção.

Continua após a publicidade

Preocupada com a situação antes mesmo do jogo começar, a Globo instalou um oxímetro e um medidor de febre nos relógios que os brothers estão usando dentro da casa, os fãs estranharam o uso do acessório, uma vez que é vedado aos participantes para não saberem as horas durante o confinamento. Entretanto, em tese as explicações do diretor Boninho é de que os relógios, dados por um patrocinador, servem para monitorar apenas os batimentos cardíacos e medir as emoções dos brothers dentro casa, mas, a história é bem diferente.

A notícia chega as autoridades que prometem fazer barulho cobrando explicações da emissora, pois, com o país beirando uma marca triste e cruel de quase 650 mil vitimas da doença, presenciar mais casos do vírus, só que em rede nacional e sem nenhuma intervenção séria para preservar a saúde dos confinados parece ser um absurdo, de acordo com alguns internautas e seguidores da representante do povo no Congresso Nacional.

Após a manifestação da Deputada, seguidores zombaram de sua atitude em se preocupar com a situação do reality. “Precisou assistir o BBB22 pra se preocupar com a epidemia né? Se preocupe pra que toda a população tenha testes rápidos, a Globo pode pagar, a maioria do povo não. No mais, pode continuar dando Ibope pra Globo”, comentou uma seguidora indignada com o tweet.

Outros seguidores não ficaram calados e rebateram cobranças de Carla: “Interessante… vocês CAGAM para a pandemia, ZOMBAM dos mortos, DESACREDITAM na vacina, mas quando envolve a Globo querem fazer alguma coisa. É MUITO AMOR ENRUSTIDO PELA GLOBO!”. “A senhora está preocupada com a testagem de 18 pessoas que estão com todo o aparato de saúde da globo e não esteve preocupada com a saúde de quem é pé descalço e só podia contar com o SUS?”, afirmou.