Fechar
NOVA ALIANÇA?

BBB22: Douglas Silva diz que casa ‘passa pano’ para Eslovênia

O ator aponta a diferença de tratamento entre Eslovênia e Natália na relação com os participantes

Hanna HaikaRepórter do EM OFF

Muito tem se falado sobre o tratamento dos participantes da 22ª edição do Big Brother Brasil em relação à Natália Deonato. A postura de alguns integrantes da casa mais vigiada do país com a designer de unhas chamou a atenção do público, principalmente nos últimos dois dias de programa. A perseguição sem um motivo aparente tem sido a maior pauta da internet nos últimos dias. Internautas afirmam que os brothers desta edição estão apenas seguindo o efeito manada ao rejeitarem a presença de Natália no programa. 

E um único brother notou a mesma perseguição na casa. Com uma visão limitada, em referência ao público de fora, Douglas Silva, nesta tarde de terça-feira (15), apontou a diferença de tratamento entre Eslovênia e Natália. A conversa do brother, que ocorreu no quarto Grunge, se deu após a expulsão da cantora e atriz Maria por agressão. Segundo o ator, a paraibana e a mineira têm o mesmo comportamento, enquanto uma é aceita e outra crucificada.

As duas zoam na festa, perdem a linha, debatem, xingam, mas a Naty tem que se esforçar o quádruplo pra ser aceita”, comentou. Douglas citou um momento no qual Eslovênia quebrou uma câmera avaliada em 300 mil reais numa festa da edição, no qual resultou a perda de mais de 1900 estalecas para a casa em conjunto, sendo 100 por participante. “Pensa comigo, eu sei que foi sem querer, mas se fosse a Naty quebrando aquela câmera, como que a casa reagiria? Me responde Paulo, com toda sinceridade agora. A casa não, essas pessoas que tão aí”, pontuou. A atitude de Eslovênia passou despercebida pela casa, que não chegou a receber um voto por prejudicar todo o elenco. 

Douglas Silva parece ter adotado Natália como sua aliada e em outro momento voltou a defender a sister em uma conversa com a ex-Casa de Vidro nesta tarde. Larissa disse que se Natália voltar do paredão, ela precisa ouvir mais os outros e se permitir com os demais. “Se você voltar desse paredão, tem que ter oportunidade de conversar com todos e todos poder lhe ouvir, e você ouvir os outros participantes também. Até pela questão de convivência, você poder se permitir conviver mais com os demais”, disse. O ator discordou e deu defendeu a designer de unhas. 

Continua após a publicidade

Mas ela já se permitiu muito com os demais. Falaram pra ela: ‘Você não conseguiu se relacionar, por isso acho você fraca’. Disse que não, concordei que não porque não. Ela se deu, ela tentou. Ela até falou: ‘Tentei me adequar no que as pessoas queriam, ou seja, deixar de ser eu pra poder ter um convívio’. Ela já fez, ela já tentou. Não é mais: ‘Ah, vamos conversar de novo’”, afirmou Douglas. 

Após a expulsão de Maria nesta tarde, Natália chorou compulsivamente ao se sentir culpada pela partida da ex-sister. A designer de unhas foi acalentada por Gustavo, ex-Casa de Vidro, e Douglas Silvas. Gustavo diz que as atitudes de Natália foram muito compreensíveis: “Você se comportou de forma perfeita na situação“, afirmou ao relembrar a atitude da sister durante a agressão. A mineira concordou e afirmou que após a dinâmica foi para o quarto e retirou seu microfone, pois não queria falar. “Tanto que quando acabou (o jogo da discórdia) eu fui pro quarto e tirei o microfone porque eu não queria nem falar”, comentou. 

O advogado curitibano opinou sobre quem ela acha que sairá esta noite de acordo com sua percepção de jogo. “Se perguntar pra mim quem eu acho que vai sair, sem titubear, eu falo que é Bárbara. Ela não movimenta o jogo, diferente de Arthur e você. E outra, antes mesmo dessa agressão ocorrer, você já ia ficar, isso não tem nada a ver. Ela já ia sair antes de tudo isso”, afirmou. Natália comentou que sua vontade durante o jogo da discórdia era ter confrontado todos os participantes, mas optou por ficar quieta. “Eu queria muito ter mandado alguém pra p*ta que pariu, mandar alguém se f*der, falar vai se lascar, vai tomar no seu r*bo, vai pra aquele lugar, mas eu fiquei quietinha”, finalizou.