Fechar
REALITY SHOW

BBB22: Eliezer é detonado por expulsar Eslovênia do quarto para transar

Natália investiu pesado no companheiro mas não obteve sucesso

Hanna HaikaRepórter do EM OFF

Natália investiu pesado em Eliezer nesta madrugada de quinta-feira (31), durante a festa da líder Lina, com o tema “House of Quebrada”, cujo faz alusão aos bailes LGBTQIA+ dos anos 80. A mineira passou a maior parte da festa demonstrando de fato sua vontade de transar com o rapaz, como sua maior necessidade atual. Em conversa com Jessilane, a desginer de unhas chegou a comentar como o sexo atravessa seu humor diário. 

“Eu gosto de transar mas não preciso pra viver”, disparou Jessilane, ao ouvir os murmúrios da sister. “Não é que eu preciso, é que eu quero. […] É uma coisa que pra mim faz diferença, no meu humor, na minha autoestima, na minha confiança”, afirmou a mineira. E não parou por aí, Natália continuou na sua busca pelo prazer. No fim da festa, Natália e Eliezer foram conversar com Eslovênia, única integrante restante do quarto Lollipop, além do empresário de 31 anos.

Eliezer tentou convencer Eslovênia a deixar o quarto Lollipop liberado para ele e a mineira, para que pudessem se relacionar sem incomodar ninguém. Com isso, pediu para que a amante de Lucas Bissoli deixasse o quarto açucarado e fosse dormir no quarto Grunge, para não ter incômodo. Seguindo a onda do designer carioca, Natália sugeriu que a Miss durma no quarto rival por três dias, para que eles possam praticar atos sexuais podendo fazer barulho. “Eu tô doida querendo”, comentou a moça.

Após a conversa com Eslovênia, Eliezer se dirigiu a dispensa para retirar algumas camisinhas e se deitou com Natália. Mas o brother deu para trás. O empresário ficou receoso de praticar atos sexuais pensando nas pessoas que estavam assistindo o pay-per-view. “Eliezer, quem vê pay-per-view não é criança, são adultos e adulto transa. […] Como você acha que a família brasileira é feita? Vamos deixar de ser bobos. […] As pessoas não vão deixar de gostar da gente porque a gente transa, a gente tá transando é pouco. Somos pessoas ativas…”, afirmou a mineira, tentando convencer o brother.

Continua após a publicidade

Eliezer afirmou que Natália precisava entender que eles estão numa casa com outras pessoas que não são obrigadas a ouvir, embora já tenha transado um total de cinco vezes durante sua trajetória no programa. No entanto, a mineira não desistiu, fazendo jus à nacionalidade brasileira. Sem citar fontes, Natália pontuou dados estatísticos para convencer Eliezer a transar. “Você sabia que se mais de 30% da população do Brasil transasse, a gente teria menos problemas?”, comentou a sister.

“De onde você tirou essa porcentagem?”, perguntou o empresário. Natália explicou que sexo está ligado à saúde, autoestima e até na economia. Recusando o prazer carnal, Eliezer tirou o microfone, virou de lado e abraçou o travesseiro. “Eu acho que eu enchi tanto tanto o c* de cachaça que eu tô muito cheio”, recusou o brother. “Eu sei, bebê. Vira pra cá que você melhora, vira de ladinho, vira”, comentou a mineira. Eliezer continuou abraçado com o travesseiro e dormiu.

Mas os internautas não perdoaram Eliezer por praticamente expulsar Eslovênia do quarto. Uma onda de críticas se voltou contra o empresário carioca e até mesmo a mineira, Natália. Uma internauta comentou: “Oxe, mandava procurar um motel, quer fazer e ainda quer mahdar a outra sair do quarto que ela sempre dormiu para eles ficarem a vontade. Boninho devia fechar um dos quartos logo”.

Outro afirmou: “Que vergonha. Não tem o minimo de senso esses 2 expulsando a chata do quarto. Falta de respeito desse Eli”. Criticas também a Natália. “Genteee estão no cio. Natália como mulher não me representa”, afirmou outra usuária. Diversos comentários parecidos pipocaram nas redes após o enrolo do casal para ir ao edredom.