Fechar
Estratégia

BBB22: Eliezer e Jessi armam plano ao ‘prever’ eliminação de Natália

Os dois acreditam na possibilidade de Natalia ser eliminada em um Paredão com Paulo André e Gustavo

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

Restando poucos dias para acabar o BBB22 e ao ver a amiga, no Paredão, Eliezer e Jessi armaram uma estratégia de defesa para os próximos dias. Os dois acreditam na possibilidade de Natalia ser eliminada em um Paredão com Paulo André e Gustavo. Ao falarem do grupo rival, os dois citaram um dos brothers que acreditam ser um bom alvo para se votar.

Para Jessi e Eliezer, Pedro Scooby é uma boa opção de voto neste momento do jogo. “Eles sabem que algum momento eles vão ter que se votar“, apontou a professora de biologia. Em seguida, o carioca opinou: “Se Deus quiser, a Nat fica hoje… a gente dá um respiro antes de fazer isso”. Os dois ainda revelaram o que pretendem fazer caso Natália deixe o BBB22 hoje. “Agora, se ela sai, a única estratégica é eu e você ganhar essa prova e um indicar um ao outro. E a gente fala assim ‘o público já sabia'”, disse a sister.

Assim que caiu no Paredão, Natália implorou ajuda de Eliezer. Depois da eliminação de Linn da Quebrada, a mineira ficou apavorada e com medo de ser a próxima a deixar a casa do BBB22. Abalada, a designer de unhas pediu para que o affair cuidasse de Jessilane caso fosse eliminada no Paredão. Na ocasião, ela destacou que estava feliz pelo brother ter ficado, mas não escondeu sua preocupação com os dias seguintes.

“Estou muito feliz que você tenha ficado. Te peço, por favor, se acontecer alguma coisa comigo, se eu não ficar terça-feira, cuida da Jessi, por favor! Você me promete?”, pediu Natália. De imediato, Eli se comprometeu a ficar ao lado de Jessi. “Lógico que eu te prometo, mas para de falar isso, tá? Vai dar tudo certo, você vai ver, vai dar tudo certo”, disse ele.

Continua após a publicidade

Eliezer e Natália discutem após o Monstro

Eliezer não aceitou bem ter recebido uma das consequências do Jogo da Discórdia desta segunda-feira (11). Entre Jessi e o carioca, Natália escolheu o brother para ir ao Castigo do Monstro, poupando a amiga que estava arrasada com a eliminação de Linn da Quebrada, uma grande aliada das duas no BBB22.

Já na tarde de hoje, os dois começaram a conversar, e a sister tentou explicar de todas as formas o motivo de ter dado o Monstro para o rapaz, mas ele não quis ceder. “Três pontos que citei foram que passei o programa inteiro na Xepa, que nunca fui nem convidado para o Vip. Só uma vez pela Jade, e que todo mundo me dá o Monstro. E até aquele momento tinham 11 Monstros, e eu tinha sido 4″, disse, irritado.

Ele continuou: “Ou seja, mais de um terço do programa, de Monstro, foi meu. E a frustração de me sentir um perdedor, fracassado de não ter nenhuma conquista e vitória”. Sem paciência, ele continuou a falar de como estava se sentindo e que a sister não pensou nele. “Eu não pensei nisso em momento nenhum”, rebateu Natália. “Deixa só eu terminar. Você sabia como estava me sentindo antes e sabia o quanto aquela prova era importante pra mim”, disparou.

Mais tarde, depois da ação do patrocinador, os dois tiveram uma nova DR e não conseguiram se resolver. Ao entrar no quarto do líder, sozinho, Eliezer reclamou de Natália. “Absurdo, não tem condições mesmo, não dá, ela jogar coisas que eu gritei com ela, semanas atrás, pra justificar, não é possível, só pra ela sair como a certa, chega ser cômico, mais cômico ainda, sinceramente, não dá… Eu vou lá pra trocar ideia com ela, pra resolver a situação, pra dar mais uma vez uma chance, Paredão e termina…”, afirmou. Enquanto isso, a mineira foi para o gramado com os demais.