Fechar
OPORTUNISTA

BBB22: Eliezer surta após ser apontado como oportunista

Eliezer entrou em desespero após ser alvejado por Eslovênia com verdades sobre suas atitudes

Hanna HaikaRepórter do EM OFF

Nesta manhã de terça-feira, Eliezer chegou no quarto Lollipop contando que Pedro Scooby afirmou que ele teria sido agressivo e gritado com os outros brothers no ‘Jogo da Discórdia’. Vyvi entrou em defesa do companheiro. “Eu não acho que ele tenha gritado, é o jeito dele. Às vezes ele se exalta e chega no limite de parecer agressivo pros outros pelo jeito dele”, comentou o brother.

E continuou: “Ninguém ali foi chamado 6 vezes, ninguém ali foi chamado tantas vezes como ele para ser chamado de incoerente para repetir a mesma, mesma, coisa. Uma hora cansa. Não acho que ele foi desrespeitoso, eu acho que ele falou do jeito que tinha que falar”, complementou o cearense.

Laís concordou com o argumento de Vyni e Eliezer respondeu: “Eu não ofendi ninguém. Não usei palavra de ofensa com ninguém”, ponderou o designer.  Eliezer se mostrou preocupado em ser visto como mentiroso em relação à Natália. Eslovênia comentou que não tira razão de quem vê de fora e argumentou. “É o que eu vejo, se aproximou dela pra que ela votasse em Gustavo, é isso”, afirmou a paraibana.

O empresário de 31 anos discordou da sister, e disse que ela estava enganada. “Isso é o que as pessoas querem ver!”, afirmou. Eslolovênia rebateu:  “Não, não, não, não. Entenda Eli: Quando você explica, a gente entende que teve uma histórinha…. Vocês conversaram… Ela expôs o que sentia… Você virou a chavinha… E depois veio a votação… A gente entendeu. Você contou, a gente entendeu. Mas mesmo tento a histórinha. O sistema completo, é esse: Depois da votação você veio se aproximar”, comentou.

Continua após a publicidade

Eliezer continuou discordando. “Mas é vocês que querem enxergar isso”, afirmou. No entanto, a Eslovênia rebateu novamente. “Não é o que eu quero, pô. É o que aconteceu!”, ponderou. Em seguida, Eslovênia, Laís e até mesmo Vyni argumentam que de fato Eliezer mal se aproximava de Natália mas para lógica dele, o ideal é ficar com ela. “Eu olhando é isso que eu vejo, você mudou completamente com a Natália”, comentou a paraibana.

O designer voltou a afirmar que não foi por interesse. “Não foi por causa do voto”, comentou. “Eu só vi vocês juntos sem ser na festa duas vezes”, afirmou Vyni. Eslovênia também afirmou que por diversas vezes ele falou que não era da personalidade dele fazer casal: “Se isso tudo tivesse acontecido antes do voto eu acho que vocês não iam firmar [um relacionamento]”. Eliezer argumentou que semanas atrás era diferente.

Eslovênia, então, resolveu falar o que realmente pensa sobre a suspeita relação de Eliezer com Natália. “O x da questão não é o que é certo e sim o que você quer. Aí é que tá, talvez você esqueceu que você quer por pensar nela”, comentou. Laís acrescentou, “E por achar que é certo…”, comentou a médica. 

“Isso é uma atitude legal mas não é saudável. Aí que eu peguei o argumento que ele usou ontem: Não dura. A pessoa não tem o c*lhão, não tem coragem, não é nem coragem, mas naturalmente não segura. Quando não é algo que vê que é saudável”, afirmou a miss pernambuco. “Quando não é algo verdadeiro”, acrescentou Vyni.

“Pra você é certo, para você é coerente por você ser um homem e você não querer deixar Natália numa posição confusa. Entendível. Mas não é só isso, porque se for por esse caminho não vai durar. É a minha concepção como mulher que se coloca na situação dele como pessoa que está olhando a situação de fora”, concluiu. “Ainda mais depois de tudo que aconteceu”, finalizou Laís.

Após a discussão, Eliezer ficou sozinho no quarto Lollipop, e começou a falar sozinho. “Complexo. Muito complexo. Minha vida era tão mais simples lá fora”, disse em voz alta. O empresário de 31 anos foi apontado por muitos participantes como oportunista, incluindo Lucas Bissoli e Pedro Scooby.