Fechar
PAPO RETO

BBB22: Gustavo joga perseguição na cara de Linn da Quebrada

Gustavo Marsengo, ex-Casa de Vidro, deixou claro para Linn da Quebrada que não está tendo paz dentro do ‘BBB22’

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Gustavo Marsengo, ex-affair de Laís Caldas, recém-eliminada resolveu desabafar com os colegas de convivência na área externa. O ex-Casa de Vidro do Big Brother Brasil 22, reality show de confinamento da Globo, quer uma trégua na competição milionária. O curitibano foi bem direto com Linn da Quebrada, cantora e atriz, sobre a perseguição dos participantes.

Na noite desta quinta-feira (24), em véspera da Prova do Líder, Linn da Quebrada ansiosa disparou: “Ai, gente, vamos ver o que vai acontecer”. Douglas Silva falou sobre mais um Paredão se aproximando e Gustavo foi bem incisivo no questionamento: “Será que eu terei uma semana de paz?”. DG logo retrucou o aliado: “Pode falar por nós, por favor. Que acabamos de voltar [do Paredão]”.

Desde que foi aprovado pelo público do BBB22, Gustavo já enfrentou a berlinda mais de uma vez. O brother relembrou quantas vezes foi parar na votação popular e conseguiu se salvar: “Eu não tive nenhuma [paz] desde que cheguei, aí que tá. Primeira semana imunizado, segunda Paredão, terceira imunizado, quarta Paredão e quinta Paredão. Só que saí no Bate-Volta”.

Linn da Quebrada tentou amenizar a situação: “Mas teve duas [semanas] imunizado, tá bom”. Gustavo mais uma vez respondeu a artista: “Em 100% dos Paredões que eu podia ir, eu fui”. Arthur Aguiar, que conquistou a última liderança, já demonstrou preocupação com a decisão do ex-Casa de Vidro. O ator ainda não sabe qual lado o participante vai apoiar e contribuir com o seu voto. A conversa surgiu no Quarto do Líder e a preocupação na reta final está cada vez mais intensa.

Continua após a publicidade

´Preocupada

Linn da Quebrada está preocupada com a movimentação da casa: “Eu me sinto mais ameaçada. Eu, Lina, me sinto mais ameaçada pelos meninos lá [Grunge] do que pelo Quarto [Lollipop]”. Jessi debochou da amiga: “Agora nem tem como se sentir ameaçada pelo quarto, vamos falar a verdade, né? A não ser que seja por voto de Líder”.

Lina falou sobre Eliezer: “Mas, tipo, ele continua aí. Você vai continuar votando no Eli?”. Jessi precisou se explicar: “Agora não, porque, até então, minhas prioridades eram votar em quem não tinha ido ainda. Agora a única que resta é a Eslô [Eslovênia], mas ainda sei que meu voto sozinho não tem peso. Então, por exemplo, na próxima semana, se eu não for Líder, eu vou votar nas pessoas que eu já votei de lá, que provavelmente vai ser PA [Paulo André], Pedro [Scooby], Arthur [Aguiar], dependendo da disponibilidade”.

Sobrou também para Lucas Bissoli, capixaba e estudante de Medicina. Linn da Quebrada quis entender um detalhe, por qual motivo o brother insiste em votar em Eliezer. O jogador respondeu: “O voto passa a ser estratégico. Eu não voto em vocês duas, na Nat [Natália] e na Eslô. O resto, eu voto em todo mundo. Essa é a minha estratégia”.