Fechar
POLÊMICA

BBB22: Jessilane reclama de assédio de Eliezer e produção interfere

A sister ficou extremamente desconfortável com a situação

Hanna HaikaRepórter do EM OFF

Nesta madrugada (3), Eliezer e Jessilane protagonizaram um momento polêmico na piscina da casa durante a festa do líder e que preocupou a produção do programa. Em um momento aleatório, o designer começou a perseguir a professora na piscina. Incomodada, Jessilane solicitou ao brother que parasse mas não foi ouvida.

A sister se afastou do brother na piscina, e o mesmo continuou a persegui-la. “Sai, Eli. Para. Ô Lina, me ajudaaaaa. Ô Lina, me ajuda. Para, Eli, é sério. Por favor, para”, pediu a professora de biologia. Mesmo com o pedido de Jessilane, Eliezer não se conteve e continuou em cima da baiana.

Após os inúmeros pedidos de Jessilane pedindo para que Eliezer se afastasse e parasse com a ‘brincadeira’, o brother levou uma advertência da produção do programa. Através do monitor externo, a equipe da atração mandou um alerta ao designer, que se afastou imediatamente. 

No entanto, após o ocorrido, Eliezer ficou muito preocupado com a advertência devido ao seu ato e Jessilane o tranquilizou: “Eli, tá tudo bem. Eu já falei que tá tudo bem e que era brincadeira“, afirmou a professora. Ao presenciar a conversa, o ator carioca, Douglas Silva, questionou: “Mas foi sério?”. Linn da Quebrada ao ouvir o questionamento, respondeu: “Não foi não. Ele [Eliezer] tá viajando”, afirmou.

Continua após a publicidade

Jessilane continuou tentando amenizar a situação para o clima não pesar entre os brothers, mesmo após seu desconforto com o momento. “Não foi. Ele viu a coisa [atenção] e ficou fritando. Mas eu já falei que tá tudo bem”, comentou. Eliezer tentou explicar o que aconteceu em sua percepção: “Eu tava brincando com a Jessi. Tipo assim, eu tava em cima dela, tipo assim: ‘sai de perto de mim’, mas era brincadeira”, afirmou o brother.

De acordo com Jessilane, os seus pedidos para que o brother interrompesse a ‘brincadeira’ era devido ao medo de Natália presenciar a situação. “Eu tava falando: ‘Para, pelo amor de Deus’, mas o ‘para’ não era porque ele tava me acuando, era porque a Natália poderia aparecer e ver. Era uma brincadeira”, ponderou mais uma vez.

Eliezer mais uma vez afirmou que “era uma brincadeira”. Jessilane, aparentemente nervosa com a advertência da produção do programa, tentou minimizar a situação mais uma vez. “Foi brincadeira e eu entendi como brincadeira. Pelo que eles viram, eles acharam que ele estava realmente me acuando”, afirmou. E continuou: “A galera [produção] não entendeu que o meu ‘pare’ não era porque eu não queria. (…) “Olha a Natália… Era só por isso. O contexto era diferente, não era sobre o que tava acontecendo, mas com quem”, concluiu.

Tags Relacionadas: