Fechar
Reality Show

BBB22: Jessilane se chateia com brincadeira maldosa de Arthur Aguiar

A sister não gostou das afirmações do ator e desabafou com a amiga Linn da Quebrada

Lucas CardosoRepórter do EM OFF

A Festa da Líder deu o que falar na madrugada desta quinta-feira (31). Em clima de desentendimento, Arthur Aguiar e Jessilane protagonizaram uma leve divergência de opiniões, que acabou deixando a sister magoada com as afirmações do ator. Tudo começou quando a professora contou para Linn da Quebrada que o ex-Rebelde e Paulo André estavam usando a senha da cantora no celular da casa.

“Eu vi assim [no telão da sala], aparecendo ‘Lina autorizando’, de repente quando vi, era o Paulo André fazendo pose para a foto”, contou Jessi. Incomodado com as falas da colega de confinamento, Arthur Aguiar disparou: “Ela não consegue, é mais forte que ela…”. Jessi respondeu: “É meu jeitinho meiga de ser! Não consigo mudar, gente!”. Afiado, Arthur rebateu: “Meiga… De fofoqueira mudou para meiga, né? Que loucura. Fofoqueira agora é meiga”.

Posteriormente, Jessilane desabafou com Linn da Quebrada sobre o ocorrido. A professora revelou que ficou brava com Arthur Aguiar, pois sabe que mesmo sendo em tom de brincadeira, no fundo Arthur está falando com o intuito de alfinetar. Linn concordou com a cabeça, mas não comentou nada sobre o conflito.

[…] Estou brava com eles. Foram me chamar de fofoqueira porque fui falar para você que estavam tirando foto no seu perfil. […] Eu fico p*ta com o Arthur porque tem hora que as brincadeiras dele, tipo, você vê que ele tá falando sério e depois diz que é brincando. Aí eu falei que era meu jeitinho meigo de ser e o Arthur falou: ‘seu jeitinho fofoqueira de ser, né?”, concluiu Jessi.

Continua após a publicidade

Eliezer faz pedido inusitado a Eslovênia

Bêbado, Eliezer parou Eslovênia na sala da casa mais vigiada do país para fazer um pedido inusitado. O rapaz pediu para a Miss Pernambuco dormir no Quarto Grunge para que ele pudesse ter uma noite de “amor” com Natália no Quarto Lollipop, sem ninguém para atrapalhar. Eslô brincou com a situação, dizendo que até poderia ir para outro quarto, mas que o Brasil inteiro estaria vendo o amor dos dois.

“Se você quer que eu durma no Grunge, eu durmo. Mas eu vou capotar, não vou escutar nada, nem ficar olhando. O Brasil inteiro vai estar vendo, quem sou eu na fila do pão?, brincou Eslô. “Mas eu fico com vergonha, dorme no Grunge?”, insistiu Eliezer. “Durmo, mas eu queria dormir no Lollipop. Eu não vou nem escutar, eu capoto. Não sou um Vini da vida”, pontuou Eslô, que no fim das contas, acatou o pedido do colega.