Fechar
ELA FAZ O DESTINO DA AMIGA TAMBÉM!

BBB22: Linn da Quebrada entrou em reality após aval de Gloria Groove

Neste sábado (30), a camarote Linn da Quebrada revelou que Glória Groove deu um empurrãozinho para entrar no BBB22

Matheus NunesRepórter do EM OFF

Após ter um empurrãozinho da cantora Gloria Groove, Linn da Quebrada revelou ao líder da semana e neto de Silvio Santos, Tiago Abravanel e ao ator Arthur Aguiar que entrou na casa mais vigiada do Brasil por causa da dona do hit ‘A Queda’. Segundo a sister Linn, Glória disse ter adorado a ideia de ver Linna como participante e a resposta dela foi a seguinte: ”Achei muito bafo isso”, conta ela. O papo aconteceu na madrugada deste domingo (30).

No quarto líder, na companhia dos Camarotes de Tiago e Arthur, Linna disse que contou de forma subjetiva a Groove sobre o BBB22: “Falei com a Glória. Não falei pra ela que eu vinha, nada disso. A pergunta que fiz pra ela foi exatamente essa: ‘Amiga, se você tivesse tudo e pudesse botar tudo a perder, mas também pudesse ter tudo a ganhar, você arriscaria, ainda sim?’’, revela

Alegre e emocionada, a camarote contou que a resposta da vencedora do ‘Show dos Famosos 2021’ foi bastante simbólica: “Eu achei o máximo que ela falou assim: ‘Nossa, eu estava pensando sobre isso esses dias, e daí, nessa dúvida, liguei pra Manu’. Ela falando, a Gloria, Daniel Garcia. Achei muito bafo isso. Foi o momento que ela também estava pensando em arriscar coisas. E pensando na Manu que, de alguma forma, tinha dado esse passo. Muito simbólico também”, conta. 

A participação de Linn da Quebrada no Big Brother Brasil é vista de forma positiva e bastante comentada pelo público por ter posicionamentos coerentes relacionados ao jogo  e sabe manusear os comentários sobre sua condição. Linna fez questão de se afirmar como ‘travesti’ logo no início do reality, teve postura e paciência para lidar com perguntas relacionadas a sua personalidade e deu aula de educação..

Linn da Quebrada é questão de representatividade para a comunidade LGBTQIA+ por ser a primeira ‘travesti’ a participar do Big Brother Brasil. Nas primeiras horas do reality Linn já enfrentou uma barreira de preconceito e transfobia: a estudante de marketing e influenciadora Eslovênia a chamou de ‘ele’ e em seguida, ao se retirar da mesa, comentou com o engenheiro e estudante de medicina Lucas que foi sem querer: ”ela falou assim: ”Quero pimenta. Passa se puder”. Uma pessoa pegou, aí eu disse: Não, é pra ele”, conta Eslô.   

Continua após a publicidade

Na madrugada de sexta (21), O gestor comercial e Pipoca Rodrigo teve uma fala transfóbica ao conversar com o empresário  Eliezer.  No quarto, antes de dormir, os brothers estavam conversando sobre experiências sexuais e Rodrigo fez o seguinte comentário: “Eli, estou tentando dormir, mas tô lembrando do pinto do ‘traveco’ que você ficou com medo”. Vinícius também estava no quarto e rapidamente o corrigiu: “Traveco, não”, afirmou Vyni. “Isso não foi legal”, completou Maria.

No confinamento Linn já expressou várias vezes seus posicionamentos, inclusive, como quer ser chamada. Em conversa com Naiara Azevedo e Pedro Scooby na parte externa da casa, a Camarote contou sobre a decisão de entrar na casa. O surfista inicia dizendo que ela é uma representante da comunidade TRANS na concepção dele.

“Acho você uma grande representante”, afirma Pedro. Linn responde diretamente que não  quer representar: “Não quero representar”, responde. Pedro reforça que ela é uma representante como ser humano: “Escuta. Você é uma grande representante do ser humano. É uma mulher empoderada”, explica Pedro. Em seguida, Linn esclarece que é uma travesti: “Uma travesti”, reforça a Camarote. 

A cantora Naiara Azevedo comentou que Linn entrou no Big Brother como gente: “Ela não chegou aqui nem como mulher, nem como trans. Ela chegou aqui como gente”, declara Naiara. Linn da Quebrada reforça como quer ser vista e tratada pelos participantes e pelo público: “E como travesti. Eu quero que me vejam como uma travesti. Não quero que só me vejam como uma mulher. Sou uma mulher, mas sou uma mulher travesti. É importante!”, finaliza o assunto.