Fechar
FICOU DE FORA

BBB22: Linn da Quebrada recusou entrar em reality com Sabrina Sato

Linn da Quebrada teria recusado participar do ‘Ilha Record’ com Sabrina Sato. A revelação foi feita pela atriz e cantora no ‘BBB22’

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Linn da Quebrada contou uma curiosidade profissional para os colegas de confinamento. Na madrugada desta sexta-feira (18), direto do Quarto do Líder, a atriz e cantora contou que foi convidada para um reality da concorrência. Antes de entrar no Big Brother Brasil 22, Lina ficou conhecida por protagonizar a série Segunda Chamada (Globo), no papel de Natasha. Arthur Aguiar que também está confinado, formava casal com a Camarote.

Natália Deodato, designer de unhas, expressou o desejo de ingressar em outro reality: “Ai, é meu sonho! Eu tenho vontade de participar de outro”. Linn da Quebrada respondeu a mineira e Eslovênia Marques: “Eu tinha recebido convite pra um no ano passado. Um outro que ia ter pela primeira vez no Brasil, com a Sabrina Sato. Eu não lembro o nome”.

O público que acompanhava o bate-papo pelo pay-per-view, logo assimilou que o reality poderia ser o Ilha Record. Um reality de confinamento e valendo dinheiro, que estreou ano passado em formato inédito, comandado por Sabrina Sato na tela da Record TV. Linn da Quebrada complementou dizendo que estava com um disco novo. Segundo a cantora, caso topasse o desafio, talvez não entraria no BBB22.

“Eu estava lançando um álbum na data. Talvez se eu estivesse aceitado lá, não estaria aqui”, disparou Linn da Quebrada. Any Borges e o ex-BBB20 Pyong Lee disputaram a final do reality paradisíaco. O hipnólogo levou a pior a ex-MTV garantiu a premiação em dinheiro. Antonela Avellaneda, modelo argentina e ex-sister do BBB4, também participou do game com outras estrelas.

Continua após a publicidade

Segunda Chamada

Segunda Chamada, trouxe visibilidade para Linn da Quebrada, na pele da travesti que lutava pelo direito de estudar e de forma digna. Antes de entrar no BBB22, Lina conversou com Fábio Rosso, jornalista do Gshow e falou sobre o preconceito que a personagem viveu no seriado: “Minha personagem não sofre preconceito por sua sexualidade, sofre preconceito por ser quem é. Sofre preconceito por querer decidir sobre o seu próprio corpo. Natasha assim como eu e tantas outras pessoas trans e travestis são punidas socialmente pela sua coragem e determinação de lutarem pelo direito ao próprio corpo. Numa disputa territorial, de poder circular livremente por qualquer espaço e ter acesso à educação e trabalho como qualquer pessoa”.

De acordo com a sister, competindo com outros famosos e anônimos por um prêmio milionário na atração global, a personagem de Segunda Chamada trouxe mudanças: “É curioso perceber como o ritual de me vestir de Natasha todos os dias, pôr seus acessórios, usar sua maquiagem, seu cabelo, estar naquela escola, encontrar aquelas mesmas pessoas, tudo isso me transformou física e psicologicamente”.

Em conversa com o Gshow, Linn fez questão de enaltecer o seu papel na ficção. Dentro do Big Brother Brasil, a celebridade já havia falado sobre a experiência de atuar e contracenar com Arthur, colega de convivência: “A Natasha é muito corajosa e determinada, sabe o que quer e está disposta a enfrentar o que surgir para conquistar seus sonhos e ter seu direito de estudar”.