Fechar
Perdeu a memória

BBB22: Naiara Azevedo para Lina: “chorou que nem uma doida”

Linn não se lembrou de tudo o que aconteceu durante a madrugada e as sister tentaram refrescar a memória dela

Fábio SaraivaRepórter do EM OFF

Depois da festa que rolou durante toda a madrugada de sábado (05), os brothers foram descansar. Linn da Quebrada acordou sem lembrar de muita coisa e perguntou a Naiara Azevedo: “Quando eu fiquei bêbada eu dei trabalho?”. A sertaneja respondeu que não, mas que a moça só começou a chorar. Lina ficou com raiva e disse: “Ai que ódio! Mas eu chorei muito? Eu chorei forte?”, perguntou a intérprete de “Coytada”.

“Chorou igual uma doida”, revelou Naiara Azevedo. Lina ficou perplexa e questionou: “Igual uma doida?”. Mas a cantora de “50 reais” revelou que era uma brincadeira. Por fim, Linn disse que não vai mais beber ao ponto de não lembrar do que fez. A sister perguntou a muitas pessoas da casa se ela fez ou disse algo de errado. Todo mundo negou. Eslovênia contou um pouco da conversa que teve com a sister, mas a moça não lembrou de tudo.

Mais cedo, Eslovênia falou sobre a conversa que teve com Lina, que foi muito importante para ela. A sister afirmou que hoje foi o dia mais importante da vida dela no Big Brother, que se saísse amanhã, ela sairia realizada. Tudo por causa da conversa que teve com Linn. A Miss espera que o público tenha escutado o que ela ouviu. Enquanto o restante do elenco acordava e fazia o raio-x, Vyni avisou que se verem um emoji de vômito, foi ele quem deu pois ele ainda estava bêbado.

A conversa de Lina e Eslovênia

Durante a festa, Eslovênia pediu desculpas à Lina. Além do pedido, a Miss Pernambuco agradeceu por toda a paciência da artista. “Lina, tu nunca vai saber o que eu estou sentindo, mas muito obrigada. Você foi uma das minhas inúmeras lições aqui dentro”, revelou a moça. A intérprete de “Necomania” aceitou o pedido e disse: “Por isso que eu quero ser corajosa”. As duas se abraçaram.

Continua após a publicidade

“Principalmente sobre culpa”, disse Eslovênia. Linna disse que a palavra era responsabilidade e que não queria culpa. As duas estavam bêbadas. A Miss disse que a culpa foi muito boa para ela. “Não, vamos mudar para responsabilidade”, insistiu Linn da Quebrada, mas a modelo respondeu: “Não, Lina, a culpa é real, e tudo bem. Quando a culpa vem com reconstrução, com aprendizado, com bondade… Que bom!”.

“Então vamos chamar de responsabilização”, diz a artista. “É isso. Pode ter construído responsabilização, mas no início teve culpa”, conclui a modelo. Mais tarde, Lina comentou com Tiago Abravanel que Eslovênia tinha sido a pessoa que mais errou seu pronome dentro da casa. Ela se emocionou ao falar que se sentiu desrespeitada quatro vezes dentro da casa.  “Esse peso dói?”, perguntou Tiago. E ela respondeu: “Às vezes…. É porque não é só meu. Quando ouvi ‘traveco’ me doeu, mas fiquei em dúvida. Eu tive que engolir”, desabafou.