Fechar
POLÊMICA

BBB22: Pedro Scooby se irrita e manda indireta sobre Arthur Aguiar

Pedro Scooby não aguentou a ira de Arthur e desabafou com os brothers no ‘BBB22’. O surfista revelou que não se mete no jogo alheio

Matheus NunesRepórter do EM OFF

Nesta sexta-feira (25), na varanda do ‘Big Brother Brasil 22’ (TV GLobo), Pedro Scooby conversou com Gustavo e Eliezer sobre a atitude de Arthur Aguiar com ele após a Prova do Líder. Segundo o surfista, ele nunca se meteu no jogo do ex-Malhação e nem dos outros brothers da casa mais vigiada do Brasil. O Camarote também comentou o motivo dele ter entregue a liderança para Linn da Quebrada

Sentado no sofá da parte externa com o advogado e designer gráfico, Pedro Scooby comentou que nunca se meteu no jogo de ninguém no reality show: ”Nunca me meti dizendo ‘Arthur, acho que você tem que votar nessa e nessa pessoa’. Não é certo”, expressou ele. Vale lembrar que o ator e cantor ficou revoltado quando soube que Douglas, Scooby e Paulo André desistiram da prova em comum acordo e entregaram a vitória para Linn da Quebrada. Na mesa da cozinha, Arthur afirmou que seus amigos de confinamento colocaram ele no Paredão tomando a decisão. 

Em seguida, o surfista afirmou que só ele, Douglas Silva e Paulo André podem opinar sobre a decisão que tomaram em conjunto e complementou dizendo que a vitória foi total mérito da cantora do BBB22: ”Só quem estava na prova, eu, DG e Paulo vai poder explicar o que aconteceu ali na hora. Foi total mérito dela, estava mostrando, se virando”, declarou ele. Gustavo concordou e afirmou que o foco deles não era o ator e, sim, o esforço dela: ”A prioridade ali não era ele. A prioridade ali era você reconhecer o esforço da Linna. Tá ligado?”, opinou o advogado. 

Logo após, o marido da modelo Cintia Becker contou aos Pipocas que não tinha pensado no jogo no momento em que tomou a decisão com o ator e o velocista: ”Nem pensei na hora se ia salvar alguém ou botar alguém no Paredão”. Eliezer entrou no assunto e disse que o surfista só fez o que sua intuição pediu: ”Você fez o que seu coração mandou, né. Ela estava cantando, você se emocionou com a situação assim”, justificou ele.

Continua após a publicidade


O camarote contou para eles como os três membros do grupo de participantes famosos tomaram decisão sobre a Prova do Líder: ”Como o PA e DG também. A gente se olhou, perguntou: ‘Vamo embora? Sério? Vamos’ e foi”, relatou. O empresário gastronômico lembrou que os dois foram duas pessoas que a sister já votou: ”E foram duas pessoas que ela já votou”, relembrou ele. 

O carioca de Curirica, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, afirmou que a cantora merecia e que a vida não é só sobre ganhar: “A gente entendeu que ela merecia, e tá tudo certo. Nem sempre é só jogo. Não tem essa mentalidade, e eles concordam: ‘A vida não é sobre isso? Ganhar, ganhar, ganhar e outros perderem? Porque esse aqui é o jogo da vida”, comentou ele, após o surto de Arthur Aguiar na cozinha. 

Logo após, Scooby refletiu dizendo que a vida é muito mais e que preferiu ter uma cena para lembrar daqui há 30 anos deles três pulando de costas no final da Prova de Resistência: “A vida é muito mais que isso. Falei isso pra eles: ‘Se um [de nós] ganhasse essa Prova do Líder hoje, a gente ia lembrar daqui a 30 anos? Ou vamos lembrar de nós três pulando de costas?”, declarou. Marsengo adorou a ideia e elogiou a atitude do brother. Em seguida, Pedro comentou: “Sou teu fã” disse. Por conta da situação, o empresário contou que virou fã do famoso: “E agora sou seu”, contou ele ao surfista.

Após o surto de o ator e cantor, em conversa com Paulo André e Douglas Silva na varanda da casa, Scooby declarou que entende o lado de Arthur e questionou quem garantiu que ele não iria para o Paredão mesmo se um deles fosse o Líder: ”Eu entendo o lado dele, que ele é muito focado no jogo, que ele ficou triste com a parada que aconteceu com ele. A gente ganhando a Liderança, quem garantia que ele não iria para o Paredão? Ele falou: ‘Agora você me colocou no Paredão’. A liderança não faz nada, só indica uma pessoa, você não imuniza ninguém, não faz nada com ninguém”, opinou ele. Douglas Silva finalizou dizendo que a decisão é do público: ”Quem decide é o público”, concluiu.