Fechar
Injustiça?

BBB22: Pipocas reclamam da prova dos camarotes e detonam Boninho

Os partiicantes apontaram injustiça nas provas do reality

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

Começou o “fogo no parquinho” no BBB22. Nesta quinta-feira (20), ao vivo, os participantes do time “Camarote”, composto por famosos, realizaram a primeira prova no programa. Com a chegada de Linn da Quebrada, Jade Picon e Arthur Aguiar, o elenco ficou completo, e todos puderam disputar em duplas, pela imunidade. Porém, há dois dias, o grupo “Picoca” também participou de uma disputa pelo mesmo objetivo. No entanto, os anônimos fizeram uma reclamação, detonando Boninho, diretor do reality show.

O grupo “Pipoca” realizou a primeira prova do programa, que foi de resistência. A disputa valendo imunidade e R$10 mil em compras fez com que os participantes ficassem mais de 12 horas em pré, segurando caixas, sem deixarem os cubos caírem. Depois de virarem a madrugada realizando a competição, Laís e Bárbara foram as vencedoras. 

Todavia, o “Camarote” fez a prova nesta quinta, e as pessoas do time oposto se sentiram injustiçadas. Isso porque, segundo os brothers, os famosos foram privilegiados com uma disputa mais fácil de ser realizada. Além disso, o jogo durou menos de uma hora e contava com a sorte e habilidade dos participantes. As duplas:  Pedro Scooby e Paulo André, Brunna Gonçalves e Maria,  Arthur Aguiar e Douglas, Naiara Azevedo e Jade Picon, Linn da Quebrada e Tiago Abravanel, também concorreram por uma semana imunes na casa.

Só que essa diferença entre as provas não agradou em nada o elenco do “Pipoca”. Depois da disputa em que Arthur e Douglas foram os vencedores, os participantes que se sentiram injustiçados se juntaram em uma rodinha para reclamar. Em uníssono, Bárbara, Vinicius, Lucas, Eslovênia, Natália, Jessilane, Luciano, Laís e Rodrigo, começaram a comentar que a prova foi injusta com eles. 

Continua após a publicidade

Alguns levantaram a teoria de que a prova do segundo grupo foi mais leve por causa dos participantes que tiveram Covid-19. “Eles [a produção] já tinham um plano B, porque o Covid é uma coisa muito possível”, afirmou Luciano. Uma das mulheres comentou: “O Covid só libera quando dá negativo, talvez eles não tinham como saber”. No entanto, os internautas não quiseram saber e logo tomaram as dores dos jogadores do “Pipoca” do BBB22.

Os pipocas tão indignados que a prova dos camarotes não foi de resistência né? A Bárbara tá agora explicando como foi pro Pedro, Douglas e Bruna”, escreveu o perfil Pitanga do BBB, no Twitter. “Achei injusta a prova dada para a equipe camarote não ser de resistência como foi para a pipoca”, opinou Dani. “Só eu que achei essa prova do bbb injusta?”, avaliou Nathi. Mas, por outro lado, teve quem gostou. “Rivalidade camarote x pipoca é tudo o que eu preciso nesse BBB. Obrigado por essa prova injusta, little boni”, agradeceu Luc.

Já outros internautas compartilharam seus palpites sobre como as provas foram realizadas nesta semana no BBB22. “Eu acho que a prova de resistência era pra geral, mas por conta dos 3 com COVID tiveram que antecipar a prova do pic pay para os camarotes e assim realizar duas provas separadas  #BBB22”, disse Luna. “Gente vcs tão afetados das ideia né? Amanhã tem prova do Anjo autoimune E do líder (que provavelmente será de resistência), injusto seria os camarotes fazerem uma prova de resistência que poderia durar horas e depois mais uma prova sem um período justo de descanso”, palpitou Fran.

“Realmente ficou como “injusto”, porém tinham 3 pessoas que acabaram de se recuperar de COVID e também amanhã tem outra prova. Imagina só meter uma prova de resistência hj? Povo tbm reclama de tudo, senhor Jesus. Se ficar nessa de pipoca x camarote, vai dar mt ruim kkkkkkk”, escreveu mais um perfil no Twitter.

Tags Relacionadas: