Fechar
INÍCIO DE TRETA!

BBB22: Rodrigo e Natália se unem para ‘acabar’ com Eslô

Na madrugada desta quarta feira, Rodrigo assumiu para Natalia que está de “saco cheio” da influenciadora e modelo Eslovênia

Matheus NunesRepórter do EM OFF

O clima está começando a esquentar na casa do BBB! Na madrugada desta quarta-feira (26), o participante Rodrigo assumiu para a Natália que está de “saco cheio” da influenciadora digital e modelo, Eslovênia. No momento do desabafo, o gerente comercial se alterou ao falar da influenciadora e a sister pediu para ele falar baixo para que ninguém escutasse. O diálogo teve início quando Natália disse que tem que acontecer algo para colocar fogo no parquinho, bordão do antigo apresentador Tiago Leifert.

Rodrigo respondeu que quase rolou uma briga entre ele e Bárbara, mas ela “arregou” e foi pedir desculpa. “Quase aconteceu entre eu e a Bárbara, mas ela foi lá pedir desculpa, ai deu de boa”, conta ele. Em seguida, meio alterado o brother disse que não está mais aguentando a Eslovênia: “Mas eu tô quase com Eslô… Dando um.. Mas não sei se aguento muito tempo, não”, desabafa ele. Natália pede ele falar baixo para que ninguém escutasse.

Já a sister Natália declarou que está sem paciência com o brother Vinícius. Segundo ela, o participante chegou na partida de ping pong dizendo “vim jogar com meu amor” e ela questionou quem era, ele ficou chateado achando que era ironia: “Eu estou hiper sem paciência, tipo assim, muito mimizinho! Você estava na hora que o Vyni chegou e a gente estava jogando ping pong? Tava, não estava? Porque você estava me ensinando! Ele disse vim jogar com meu amor, ai eu só falei assim: seu amor? será que eu sou seu amor? fiquei meio pensando por que, na hora, não estava nem raciocinando direito, ai ele ficou chateado e achou que eu tinha sido irônica”, afirma ela.

Anteriormente, Natália tinha conversado com Vinícius e confessado que fica com medo de não poder contar ele no jogo por não ver os aliados dele com bons olhos. “Sinto que você gosta de mim, sinto que adora a minha pessoa, mas, às vezes, fico com medo de não poder, realmente, contar com você. Eu tenho medo de quando, realmente, eu contar com você por você ter proximidade de certas pessoas que uma hora vão estranhar”, confessa. O bacharel em direito respondeu de forma objetiva: “Não vou estar comprando briga de ninguém”, esclarece ele.

Continua após a publicidade

A participante e fã de Michael Jackson insistiu em se explicar para ele: “Não é questão de comprar briga. Às vezes, vou precisar de você para me salvar, vou supor que você ganha o Anjo e eu tô precisando, mas por você ser próximo de outra pessoa que não gosta de mim você não vai me dar para não se indispor com nenhuma das pessoas. Esse é o meu medo”, aponta.