Fechar
Reality Show

BBB22: Sisters se revoltam e culpam Eliezer e Vyni por eliminação de Larissa

Sisters lamentaram a eliminação de Larissa e culparam seus aliados

Lucas CardosoRepórter do EM OFF

Na noite desta terça-feira (1) ocorreu a sexta eliminação da 22ª edição do Big Brother Brasil. Numa disputa bem folgada entre Arthur Aguiar e Linn da Quebrada, a tiktoker Larissa acabou levando a pior e foi eliminada com 88% dos votos. E com mais uma eliminação de um integrante do quarto Lollipop, as sisters Jade Picon, Laís e Eslovênia se revoltaram com a situação e culparam os colegas de quarto, Eliezer e Vyni, pelo ocorrido.

Logo após a eliminação de Larissa, as sisters se reuniram no quarto Lollipop para conversarem sobre a eliminação. Aos prantos, Jade Picon afirmou que é revoltante a Larissa ter saído por causa de uma “cagada” dos brothers. “Eu tô me sentindo horrível demais, cara. De seis paredões, quatro pessoas saíram daqui. […] Se a gente tivesse concordado em todo mundo votar nela [Jessilane], a gente ia tá agora realmente: ‘Puta que pariu!’. Mas não, a gente não achou a ideia boa e não fez. Ai os dois vão lá e votam na Jessi, cara…”, disparou Jade.

Laís também se indignou com a falta de comprometimento dos colegas de confinamento: “Isso a gente falou, a gente conversou. Ela não tinha chance de ir, era jogar o voto fora. P*ta que pariu!”. Eslovênia complementou o ponto de vista de Laís: “E a gente tinha dito que não íamos repetir voto nas meninas.”

Revoltada, Jade Picon voltou a falar sobre a estratégia que tinha criado para colocar Douglas Silva no paredão, mas que por falta de comprometimento dos meninos, não foi seguida. “Gente, eu montei o Paredão na parede, eu botei em quem não podia votar, eu botei as opções. Eu desenhei, literalmente. Falei várias vezes: ‘Quem não se sentir confortável, fala!”.

Continua após a publicidade

Laís também comentou que essa perseguição de Eliezer contra Jessi vem desde o começo do jogo. “Isso é desde a primeira semana em que a gente se juntou. A gente queria ir no Douglas e ele [Eliezer]: ‘Não, nele eu não voto’. Sempre Jessi, Jessi e Jessi.”, alfinetou a médica.

Comadres em ação

Aliviadas com a volta de Linn da Quebrada, as “Comadres” também se reuniram no quarto Grunge para conversarem um pouco mais sobre os últimos acontecimentos. Após uma breve análise do jogo, Jessi se mostrou chocada ao chegar à conclusão de que cinco integrantes do quarto Lollipop ainda não foram ao paredão.

“Eu tenho como opção de voto lá no quarto Eli, Eslô e Jade e nunca essas pessoas foram cotadas aqui no quarto.”, disparou Jessi. Sempre incomodada com a postura “isentona” da colega de confinamento, Natália alfinetou a professora. “Já foram, só que você não participou das conversas desde o início porque você nunca se dispõe a conversar e tentar entender a estratégia.”