Fechar
Dieta polêmica

Especialista faz alerta sobre alimentação inadequada de Bárbara no BBB22

Nutricionista alertou sobre os riscos do comportamento da sister e que a participante precisa de ajuda especializada

Aline TorresRepórter do EM OFF

Separados entre Vip e Xepa, a alimentação dos participantes do Big Brother Brasil sempre chama a atenção dos telespectadores. No entanto, na edição deste ano a rotina alimentar de uma participante em específico tem causado preocupação entre os confinados, assim como dos fãs do programa que acompanham a atração ao vivo no GloboPlay.

Na madrugada, Bárbara caiu no choro e ficou incomodada pelo fato de que os outros confinados estarem preocupados com a alimentação dela e pediu pra que eles não se importassem com isso. Tudo começou quando Naiara Azevedo foi informar no quarto Lollipop que as frutas haviam chegado. Em seguida, ela questionou a relações públicas sobre como ficaria a alimentação da colega, que não gostou da intromissão:

“Eu não sento na frente de ninguém e fico falando: ‘Por que você tá comendo esse apresuntado? Por que você tá comendo isso?’. Eu não faço isso. Então por que vocês fazem comigo?”, disse a loira que continuou a falar com os demais presentes no quarto: “Meu Deus do céu! Deixa que eu sei o que eu faço comigo. Sério, gente, preocupem com o que vocês vão comer. Chega!”

Naiara rebateu a sister: “Bárbara, mas você falou que não ia comer nada”, disse sendo interrompida pela modelo imediatamente: “Naiara, deixa eu comer as coisas que eu quero comer. Meu Deus, chega!”, respondeu a loira indignada com a cobrança. “Cuidem da alimentação de vocês! Deixem que eu me preocupo com o que eu como, ou se eu não como. Eu não sei o motivo da minha alimentação incomodar tanta gente”, completou.

Continua após a publicidade

O EM OFF falou com a nutricionista Luciana Galdino (@dralucianagaldino) que explicou sobre a situação de Bárbara na casa: “Além de apresentar um comportamento transtornado, tanto pela alimentação mas também pela distorção de imagem, ela precisa de maior atenção dos profissionais que assessoram a casa e, além disso, o mais grave é que este comportamento tem uma repercussão nacional, vários jovens podem achar validação neste tipo de comportamento. São gatilhos para muita gente copiar ou mesmo se identificar”, disse.

A profissional ainda alertou que a sister precisa de acompanhamento especializado para reverter a situação: “Bárbara necessita de apoio especializado de psiquiatra, psicólogo e nutricionista, até porque muitas vezes a pessoa não tem ideia de que tem comportamento de TA, para muitos há a crença de que seja natural este tipo de atitude com a alimentação”, afirmou.

Luciana ainda lembrou do comportamento de Bárbara no quarto ao chorar depois de tratar do assunto com os colegas: “O incômodo dos demais brothers face ao problema é outro fator que chama a atenção. Ela comenta, talvez buscando compreensão, que seu estômago dói quando come, se irrita com facilidade ao ser questionada, chora”, disse ainda. “É notório que ela sofre com o assunto.”

Apesar de os colegas de confinamento se preocuparem, a nutricionista alerta que eles não são capacitados para resolver a situação: “Não acredito que os brothers tenham notado de cara o comportamento da sister, mas hoje é claro que muitos ali já perceberam e a forma com a qual vão lidar com isso, pode afetar sim o jogo, porque eles não tem a menor capacidade de lidar com esse problema”, concluiu a profissional.