Fechar
Será?

Ginasta envolto em acusação de racismo pode estar no ‘BBB22’

Arthur Nory é mais um nome que apareceu na lista de prováveis nomes que integrarão o grupo “Camarote” do BBB22

Aline TorresRepórter do EM OFF

Nomes que supostamente integrarão a lista de participantes do grupo “Camarote” do “Big Brother Brasil” não param de aparecer. Com as dicas que Boninho divulgou, a batalha para descobrir os prováveis nomes estão a todo vapor. Dessa vez, o colunista André Romano divulgou dois supostos nomes de acordo com uma dica apresentada pelo diretor da atração.

Conforme o colunista, a dica “tem nome repetido”, significa que possivelmente Arthur Aguiar e Arthur Nory estarão juntos na competição. O nome do ator já estava figurando nas listas de supostos nomes desde o início dos rumores. É um dos nomes fortes das listas. Já o do ginasta, entrou na lista recentemente, depois da dica do Big Boss.

Ex-ator de Malhação e Rebelde, Arthur Aguiar poderá aparecer nas telinhas, mas dessa vez como participante do BBB22. O artista ganhou notoriedade nacional após se envolver em inúmeras polêmicas com a esposa. O ator confessou que traiu a mulher 16 vezes. O casal terminou durante um tempo, mas hoje estão juntos. Por causa de toda essa situação, ele não é dos mais queridos pelos fãs do programa.

Arthur Nory, além de ser conhecido como um dos principais ginastas da seleção brasileira, ganhou notoriedade nacional por outro fato que não é de se orgulhar nem um pouco. O atleta foi acusado de racismo por um ex-colega de equipe, Ângelo Assumpção. Em 2015 enquanto estavam treinando para os Jogos Pan-Americanos de Toronto no Canadá, Nory resolveu gravar alguns vídeos com os colegas de equipe.

Continua após a publicidade

Nele, o ginasta medalhista fez algumas “brincadeiras”, como alegou posteriormente, junto com outros colegas atletas. No entanto, as piadas feitas, apresentavam cunho racista e todas proferidas para Ângelo que é um rapaz negro. “Se o celular funciona, a tela é branca. Se estraga, é de que cor? É preto!”, disse Nory recebendo o apoio dos outros colegas.

“O saquinho de supermercado é de que cor? É branco! E o de lixo, é de que cor? É preto”, disseram os atletas na ocasião, aproveitando a situação vexatória para dar risadas. Após os vídeos serem postados no aplicativo Snapchat, a repercussão negativa foi imediata e os atletas decidiram gravar um novo video se pronunciando sobre o caso de racismo.

Na época, Nory e Assumpção treinavam pelo Esporte Clube Pinheiros. Arthur decidiu gravar o vídeo de desculpas ao lado dos outros colegas, inclusive Ângelo, que ficou visivelmente constrangido. Nory alegou que tudo não passou de uma “brincadeira”, admitiu que passaram dos limites além de afirmar que estava tudo bem entre os colegas de equipe:

“Fala galera, gostaríamos de pedir publicamente sinceras desculpas ao nosso amigo Angelo Assumpção. Aqui é uma equipe, aqui está tudo bem. Exageramos e passamos dos limites. O dia-a-dia, quem está presente sabe como é. Está repercutindo de uma forma negativa pra ter matérias”, disse Arthur no primeiro trecho do pronunciamento.

“Aqui todo mundo gosta de todo mundo e sabe o que passamos. Por favor, não entendam mal! A gente conversa com o Angelo normal. A gente está com o Angelo normal. A galera não consegue entender a brincadeira. Quem me conhece sabe como eu sou”, afirmou o atleta olímpico, finalizando o pedido de desculpas.

A repercussão negativa foi tamanha, que quando Arthur foi convocado para participar dos Jogos Olimpicos de Tóquio em 2021, o atleta recebeu inúmeros ataques por causa do que acontecera cinco anos antes. Como forma de desabafo, Nory publicou um questionamento sobre os ataques que estava recebendo: “É normal tanto xingamento, ódio e desejar o mal aqui no twitter?”, escreveu.

O atleta acabou sendo eliminado da competição na primeira fase do individual masculino. Ele contou que a pressão por causa do caso de racismo afetou seu desempenho: “Com a internet, com toda essa visibilidade, o ódio vem muito grande. Vem ameaça, vem xingamento, vem tudo. E bloqueia”, desabafou Arthur na ocasião.