Fechar
Reality Show

Gustavo Marsengo não acredita na rejeição de participantes eliminados

“Eu ainda estou procurando os meus 81% de rejeição também”, declarou o curitibano

Lucas CardosoRepórter do EM OFF

Em comemoração a vigésima segunda temporada do Big Brother Brasil, foi ao ar nesta quinta-feira (28), o especial “BBB 101”, que reuniu todos os ex-participantes da edição dentro da casa mais vigiada do país. Por ordem de eliminação, os ex-BBBs puderam revisitar o lugar que proporcionou uma das experiências mais marcantes de suas vidas.

O episódio foi marcado por climão, cara feia, chororô e divergência de opiniões. Muitos participantes discordaram do desfecho da 22ª edição do reality global. Principalmente o bacharel em Direito, Gustavo Marsengo, que ao ser questionado por Tadeu Schmidt se ele teria gostado do resultado do BBB22, disparou: “Não, não gostei!”. Na cena em questão, Arthur Aguiar, Pedro Scooby, Douglas Silva e Paulo André também estavam no mesmo ambiente e ouviram tudo o que o rapaz tinha para falar.

O curitibano justificou seu descontentamento com o enredo do programa e com o desfecho que alguns participantes tiveram, afirmando que “até agora” está procurando seus 81% de rejeição, além de reiterar que muitos participantes saíram precocemente do programa, citando o caso de Linn da Quebrada como exemplo. E como um bom competidor, Gustavo revelou que reconhece o mérito de Arthur Aguiar dentro do jogo.

“Gustavo, você gostou do resultado do BBB22?”, perguntou Tadeu Schmidt. “Não, não gostei! Não gostei por vários motivos, não foi porque eu não ganhei, não. Eu acho que muitas pessoas que saíram antes do programa, deveriam ter continuado no programa, cito a Lina. A Lina não poderia ter saído com 77% de “rejeição” [ fazendo gesto de aspas com as mãos, enfatizando que não foi uma rejeição de fato] como ela saiu….

Continua após a publicidade

“[…] Eu ainda estou procurando meus 81% de rejeição também, porque onde eu encontro, todo mundo elogia, fala que eu fui o cara que jogou melhor, que realmente entrou para jogar e jogou de forma ativa. Eu como jogador, aceito que outro jogador ganhou. Óbvio que queria que o Douglas ou Paulo André ganhasse, mas eu entendo que o Arthur jogou mais que os dois. Reconheço o mérito dele, jogou da forma dele e ganhou”, concluiu Gustavo.

Arthur Aguiar não surpreende e se isola no especial ‘BBB 101’

Diferente do caso de Juliette, que no “BBB 101” do BBB21 foi ovacionada tanto pelo público, quanto pelos colegas de confinamento, Arthur Aguiar percebeu que não teve nem um colega para ser o seu “puxa-saco”. Com boa parte do elenco discordando do jogo do ator e de sua torcida organizada, que eliminou boa parte dos jogadores com porcentagem nas alturas, o ex-Rebelde decidiu adotar uma postura mais reclusa na reunião especial.

A sertaneja Naiara Azevedo chegou a questionar o porquê do marido de Maíra Cardi estar isolado na reunião. Sem papas na língua, o ator revelou que não estava afim de levar “tapinha nas costas” de pessoas falsas, e reiterou que assistiu cenas que não foram nada boas de assistir, mas que apesar de tudo, respeita a opinião dos colegas de confinamento.

“Está sem graça de entrar ali?”, indagou Naiara. “Estou de boa. É muita falsidade, não estou a fim de receber tapinha nas costas. Prefiro ficar na minha. Já tive a oportunidade de ver algumas coisas, que eu acho que foram desnecessárias. Eu respeito a opinião deles, mas…”, declarou o ex-Rebelde.