Fechar
Casa de Vidro

Saiba quem entrou na “Casa de Vidro” do BBB22

Larissa e Gustavo podem entrar com imunidade se aceitos pelo público

Fábio SaraivaRepórter do EM OFF

Desde que estreou há pouco mais de quatro semanas atrás, a 22ª edição do Big Brother Brasil tem sido alvo de críticas por conta de seu elenco morno e principalmente antijogo. Com pressão do público e dos patrocinadores cobrando por mais agitação na casa mais vigiada do país, Boninho, diretor do BBB, decidiu de última hora trazer de volta a famosa Casa de Vidro. 

Anunciada ainda nesta semana, a casa será montada na academia nesta sexta-feira (11). Os novos participantes, que serão dois pipocas, uma mulher e um homem. Os dois passarão por uma votação popular, que decidirá se entrarão ou não no reality global. O resultado da Casa de Vidro sairá antes da quarta formação do paredão no domingo (13).

De acordo com Ana Furtado, esposa de Boninho, os novos participantes não conseguirão ver a festa de sexta-feira. A estrutura será coberta para a festividade. Essas duas pessoas anônimas entram com vantagem, pois já sabem quem o público gosta, não gosta, quer fora ou finalista. Os dois entram na Casa de Vidro com sete dias de confinamento e para a segurança de todos, eles estão vacinados.

Casa de Vidro: Larissa e Gustavo

Os dois já entraram com imunidade e devem votar juntos no paredão de domingo. Representando as mulheres, Larissa tem 25 anos e mora em Limoeiro, no interior do  Pernambuco. A moça afirma que tem orgulho de seu silicone, pois ela quem pagou. Trabalha como digital influencer nas mídias sociais. Ela se acha comunicativa, ignorante, explosiva, e às vezes, grossa. “Sou um mix de sentimentos, uma explosão”, disse a moça que está solteira.

Continua após a publicidade

Mais um hétero top, Gustavo tem o perfil jogador. O rapaz de 31 anos promete que não vai entregar o anjo, para nenhum amigo que esteja com saudade da família. Diz que fala na cara e não tem medo. O curitibano é bacharel em direito e está solteiro. Em sua chamada o moço se orgulha de sua sexualidade. “Eu sou hétero e me acho top”, falou o advogado que chamou de “lacrolândia”, pessoas que não gostam dele. 

Após os fenômenos “BBB20” e “BBB21”, a 22ª edição do BBB bateu recorde de faturamento ao vender mais de R$600 milhões em cotas publicitárias, para as mais de 15 empresas que compraram os seus famosos planos comerciais. Com previsão de R$1 bilhão em faturamento até o mês de abril, a emissora se quis dar um “boom” a mais com a adição de dois novos participantes na Casa de Vidro.