Fechar
Tudo interesse?

Arthur detona “conveniência” de Lollipops com comadres no BBB22

Ator acha que Eslô e demais Lollipops só estão agindo por interesse

Cairo JardimColunista do EM OFF

O líder da semana Arthur Aguiar tem curtido bastante o quarto com seus amigos. E claro aproveitado também para falar suas percepções sobre o jogo. A mudança de grupos no Big Brother Brasil (Tv Globo) chamou a atenção do ator.

Arthur diz que, em sua visão, Lina, Jessi e Natália passaram o programa todo tentando se relacionar e se aproximar do pessoal do Lollipop. No entanto, acha que, agora que são inteiramente aceitas pelo quarto, não enxergam que isso só aconteceu por conveniência de quem já estava lá.

Arthur falou: “Agora que elas [pessoas do Lollipop] abriram a porta, elas vão. Só que elas [Lina, Jessi e Natália] não conseguiram ter a leitura de que só abriu a porta porque não tem mais ninguém.”

Os meninos ainda falaram no quarto:

Continua após a publicidade

Arthur: “Aí agora se formou um grupo improvável.”
Paulo: “O grupo que apanhava se juntou.”
Arthur: “A Jessi passou correndo daquele jeito assim. Que você até falou ‘vai Jessi, vai Jessi’. No dia da festa. Vocês repararam quem estava atrás? Correndo atrás dela igual?”
PA: “Eslô.”
Arthur: “Você reparou né? Mano, eu olhei e fiquei assim: ‘que bizarro mano’.”
Scooby: “Até então ela era uma pessoa que até então eu falava ‘não vou votar nela’. Depois que eu vi essa cena, a outra de depois na festa, eu falei: ‘tá vendo isso PA?’. Ela abraçada na Nat, as duas meio que emocionadas. Só que eu falei várias vezes com a Eslô ‘mano, vai conversar com a mina e tal’. E ela tipo ‘ai, tentei. Mas é isso, a gente conversou melhorou mas não dá para ser amiga’.”

Seguindo o dialogo, Arthur acredita que o Lollipop abriu as portas para as Comadres por “desespero” e brothers concordam.

Arthur: “Eu entendo, elas passaram o programa inteiro querendo esse lugar, ai agora que elas abriram a porta, elas vão mano, lógico. Só que elas não conseguiram ter a leitura que só abriu a porta porque não tem ninguém. Eu acho bizarro a atitude das pessoas que estão abrindo a porta agora, porque estão abrindo a porta por conveniência, no desespero e eu fico triste de ver as meninas não percebendo isso e indo quase que na inocência do tipo: ‘agora a gente foi aceita’. Eu olho e fico triste.”
Paulo: “Isso é triste mesmo.”
Arthur: .“Quando que eu ia ver a Nat chorando no colo da Eslô.”

Será que os meninos se ligaram de vez no jogo da Eslô? Você concorda com a percepção deles?

Para mais informações e cobertura completa do BBB inscreva-se em meu canal do YouTube Cairo Jardim.