ExclusivoBeija-Flor emite nota em defesa de Neguinho e repúdio ao racismo

Frases de Zoe Martinez revoltam e causam repugnância em familiares e admiradores de Neguinho da Beija-Flor

Cíntia Lima
Colunista do EM OFF

Esta coluna publicou a matéria em que Zoe Martinez, da Jovem Pan, usou Neguinho da Beija-Flor como exemplo em debate sobre racismo.  A escola de samba Beija-Flor de Nilópolis emitiu uma nota nesta quarta-feira (29) saiu em defesa de seu intérprete e manifestou repúdio ao racismo.

“Neguinho da Beija-Flor completa 73 anos nesta quarta-feira (29), com cinco décadas dedicadas ao Carnaval do Rio de Janeiro por meio da própria voz. Um ícone da maior festa popular do Brasil (e uma das mais relevantes do mundo), Neguinho não escapa do racismo. Nem aos 73. Nem no dia do próprio aniversário. Por isso, a Beija-Flor de Nilópolis vem a público repudiar as recentes menções ao artista em redes sociais e programa de rádio. Enquanto uma fala racista Nelson Piquet em relação a Lewis Hamilton passou a circular na internet na última terça, usuários utilizaram erroneamente o nome de Neguinho da Beija-Flor para tentar amenizar a declaração do ex-piloto brasileiro (ele chamou o automobilista britânico de “neguinho” no ano passado e, agora, se desculpou).

O mesmo foi feito na terça pela apresentadora Zoe Martínez, do “The Morning Show”, da Rádio Jovem Pan. Elevando o grau do equívoco cometido por internautas, a profissional disse ao vivo: “Então, o Neguinho da Beija-Flor também é, né? Racista. E olha que ele é negro, negro, assim… que na escuridão a gente só vê a gengiva”.

As frases de Zoe Martínez revoltam e causam repugnância em familiares e admiradores do aniversariante do dia. O sentimento é o mesmo na escola em que ele construiu a brilhante carreira, reconhecida nacional e internacionalmente. Ninguém tem licença para falar por Neguinho da Beija-Flor. Para presumir ou ironizar
sua postura diante da intolerância. Para sugerir que ele tenha sido condescendente ao assumir uma identidade que resinifica um modo preconceituoso de falar. Para embasar essa falsa percepção a partir da aparência do cantor.

A nota continua e também destaca que Zoe Martinez desconhece a trajetória e a origem de sua alcunha.

Segue nota completa: