Corredor da morte

Ex-ator de ‘Power Rangers’ Skylar DeLeon é condenado à morte

Ao lado da mulher e mais três cúmplices, Skylar é responsável pela morte de um casal

Cíntia Lima
Colunista do EM OFF

John Julios Jacobson Jr., de 42 anos, mais conhecido como Skylar DeLeon e famoso por ter atuado na série de TV Power Rangers (1993-1996), foi condenado à morte na Califórnia, EUA, por duplo homicídio.

Skylar fez muito sucesso em Power Rangers e diversas participações em outras séries de TV, no entanto, no início dos anos 2000 viu sua carreira despencar e entrou para o mundo do crime. Ele e sua mulher, Jennifer Henderson começaram a praticar pequenos roubos, mas em 2004, se aproximaram do casal Thomas Hawks e Jackie Hawks, que tinham um iate à venda, para fazer um assalto. Durante este encontro fatídico, DeLeon, sua mulher e mais três cúmplices atacaram os donos do barco, amarram os dois e jogaram no mar. Os corpos nunca foram encontrados e anos depois, um dos envolvidos, Alonso Machain ao ser preso, confessou o crime e contou todos os detalhes. Por colaborar com a investigação, Alonso foi condenado a 20 anos de prisão.

Por já ter cometido outros crimes, o ex-ator foi condenado à morte por injeção letal. No entanto, por conta do fim da pena de morte na Califórnia, desde 2019, ele deve passar o resto da vida no corredor da morte. Jennifer, sua mulher, recebeu a sentença de prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional.

Após ser preso, Skylar começou uma transição de gênero e tem feito terapia hormonal. Ele mudou de nome e passou a se chamar Skylar Preciosa DeLeon.

Veja fotos:

Skylar DeLeon (Foto: Divulgação e Getty Images)
Skylar e Jennifer DeLeon (Foto: Divulgação e Getty Images)
Jackie Hawks e Thomas Hawks (casal assassinado) – Foto: Divulgação e Getty Images