Não resisitiu

Médico havia alertado João Paulo Diniz sobre risco de infarto fulminante

Empresário já havia sido diagnosticado anos atrás com doença grave no coração

Cíntia Lima
Colunista do EM OFF

No último domingo (31), João Paulo Diniz, de 58 anos sofreu um infarto e não resistiu.  O empresário e ex-atleta, havia sido alertado pelo médico cardiologista, Bernardino Tranchesi Júnior sobre os riscos de sofrer um infarto fulminante após ser diagnosticado com uma doença que o impediu, temporariamente, de realizar qualquer atividade física.

Em relato no livro ‘Caminhos e Escolhas – o equilíbrio para uma vida feliz’, publicado em 2004 pelo empresário Abílio Diniz, o médico ressalta o caso grave pelo qual o João Paulo passou. Ele teve diagnosticada uma hipertrofia do miocárdio. Trata-se de uma doença congênita no coração que costuma matar atletas. No caso de João Paulo, que é um atleta, foi recomendado que não praticasse mais nenhum tipo de esporte. Nada. Nem atravessar a rua correndo ele podia, sob pena de morrer de um ataque fulminante. Você imagina que isso caiu como uma bomba naquela casa”!

O médico também ressalta que na época, o empresário fez exames complementares nos Estados Unidos e Alemanha e anos depois houve uma regressão impressionante da hipertrofia no seu coração. Dr. Bernardino classificou até como um milagre essa quase cura e destacou que foi a fé de Abílio que obteve esse feito.

Lamentavelmente o infarto fulminante foi a causa da morte de João Paulo e sua despedida contou com a presença de muitos famosos como: Luciano Huck, Wanessa Camargo, Otavio Mesquita, Gabriela Duarte e Hortência.

Seu pai, Abílio Diniz fez uma dolorosa e linda homenagem ao filho em suas redes socias.

Veja post: