Fechar

EXCLUSIVO Paulo Ricardo causa acidente e condutor da moto é socorrido pelo SAMU; veja fotos

O técnico de enfermagem Paulo Sérgio Moraes declara que foi atingido pelo carro do cantor que estava a caminho do aeroporto de São Paulo

Cíntia LimaColunista do EM OFF

O cantor Paulo Ricardo, eterno RPM, está envolvido em uma delicada situação que envolve um acidente de trânsito e segundo a vítima, acabou atropelando Paulo Sérgio Moraes, técnico de enfermagem que estava em sua moto na Avenida dos Bandeirantes, zona sul de São Paulo. Devido aos ferimentos, o condutor da moto precisou ser socorrido pelo SAMU.

Segundo o técnico de enfermagem, de 49 anos, o acidente aconteceu porque Paulo Ricardo que dirigia seu veículo na via, o fechou e ocasionou o acidente. “Eu estava em minha moto, quando de repente um carro me fechou e com isso, caí, minha moto ainda atingiu a traseira de um outro carro, que também foi danificado”. 

Paulo Ricardo, desceu do veículo e após perceber que o enfermeiro estava ferido, entregou o cartão com o número do seu advogado e seguiu viagem. “Ele disse que não poderia ficar ali, porque estava atrasado e indo para o aeroporto e que seu voo estava agendado “. Para quem não conhece, a Avenida dos Bandeirantes dá acesso ao aeroporto de Congonhas. 

Ainda segundo a vítima, o acidente ocorreu no dia 18 de maio, às 20 horas e assim que tudo aconteceu e o músico deixou o local, o técnico de enfermagem que é casado e pai de dois filhos, foi socorrido pelo SAMU (Serviço de atendimento Móvel de Urgência). 

Continua após a publicidade

Paulo Moraes foi levado para o hospital em que trabalha há 2 anos e 4 meses, o hospital Santa Paula. No hospital e após avaliação médica, foi constatado que houve fratura em dois dedos do pé, além de cortes de precisaram de sutura. Obviamente, o técnico em enfermagem está afastado de seu trabalho e após ter em mãos todo o laudo médico realizará o exame de corpo de delito. 

O Boletim de ocorrência foi feito no mesmo dia pela polícia militar e posteriormente na polícia civil. 

Esta coluna conversou com a vítima que declarou já ter conversado com o advogado do cantor Paulo Ricardo, mas que ainda não teve retorno em relação aos reparos necessários em sua moto. 

“Graças a Deus fui atendido no hospital em que trabalho, estou me recuperando, mas impossibilitado de trabalhar. No entanto, sei que minha moto foi danificada e preciso que Paulo Ricardo pague pelos danos, não sei quais reparos serão necessários, mas preciso que ele pague. Não tenho condições de arcar com isso e espero que ele se responsabilize por essa parte”.

Esta coluna está entrando em contato com o advogado de Paulo Ricardo e na expectativa de ter um desdobramento positivo e satisfatório dessa situação, inclusive para saber a versão do cantor.

Em nota e por meio de assessoria e advogados, Declara: “Preocupado com a situação ocorrida na noite de 18 de maio, o artista parou o seu veículo e só deixou o local após perceber que o rapaz estava bem. Paulo Ricardo narrou todos os fatos no Boletim de ocorrência e também se compadece do fato, de que todos os dias na cidade de São Paulo , motociclistas arriscam suas vidas trafegando de forma irregular ou imprudente. O artista também, diz que não teve responsabilidade pelos fatos e que por meio de sua assessoria jurídica aguarda o orçamento dos danos causados a moto, fato que ainda não aconteceu”.

Veja fotos dos ferimentos do técnico de enfermagem; Paulo Sérgio Moraes.

Tags Relacionadas: