Fechar

EXCLUSIVO ‘Namoro’ entre Fausto Silva e direção da Band começa a azedar

Com duas horas de exibição diariamente, o Faustão na Band pode ser reformulado em breve

Erlan BastosColunista do EM OFF

Desde que foi anunciado como novo reforço da Band, o apresentador Fausto Silva encheu os telespectadores e também a direção da emissora de expectativa. Com a estreia do “Faustão na Band”, no dia 17 de janeiro, a emissora viu seus índices de audiência aumentarem, mas a festa não durou muito: depois de dois meses no ar, a atração caiu na média registrada e já preocupa.

Corre nos bastidores da emissora do Morumbi que o “namoro” entre Faustão e a direção da Band já começa a dar os primeiros sinais de cansaço. Os executivos não estariam nada satisfeitos com os índices que o novo contratado vêm entregando no ibope. Por isso, a atração diária repleta de famosos pode sofrer algumas “sanções”.

Ainda não se fala em mudar a periodicidade do programa, hoje apresentado diariamente, das 20h30 às 22h30, para apenas uma vez por semana. No entanto, caso não esboce reação na audiência, o “Faustão na Band” pode sofrer algumas mudanças. A principal delas envolve o período que o programa fica no ar.

Assim, a longa duração do programa pode estar com os dias contados. De acordo com informações obtidas com exclusividade pelo EM OFF, a direção do “Faustão na Band” já fala em diminuir o tempo de exibição do programa, que hoje é de duas horas. A expectativa, segundo os diretores, é que isso possa reduzir as reclamações por parte da produção e, também, “segure” a audiência.

Continua após a publicidade

Insatisfação

Não é de hoje que a audiência do “Faustão na Band” vem preocupando os diretores da emissora. O EM OFF divulgou com exclusividade no começo do mês que, apesar de ninguém falar sobre isso abertamente, já existe uma preocupação na direção da Band com os índices apresentados por Fausto Silva. Por enquanto, o conteúdo do programa não deve se alterar, mas o alto comando já avalia se reunir para decidir o futuro da atração.

Apesar de estourar na sua estreia, aos poucos a atração foi caindo na audiência. Agora, os índices “estacionaram” em números que não têm deixado a alta cúpula da Band satisfeita. No seu primeiro dia no ar, a atração marcou 8,3 pontos de média. Um mês depois, no entanto, esse índice já havia caído quase pela metade: em fevereiro, a média ficou na casa dos 4,6 pontos na Grande São Paulo. Atualmente, o índice fica na casa dos 3,6 pontos.

Além disso, nos corredores da Band muita gente anda reclamando da pressão em trabalhar na produção da atração. Tanto, que a alta cúpula da Band foi surpreendida com uma notificação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão de São Paulo. Diversos colaboradores que trabalham no programa de Fausto Silva se uniram para denunciar a forma com que são submetidos a trabalhar na emissora.

Uma das principais queixas dos funcionários é com relação a carga horária de trabalho. De acordo com informações contidas no documento obtido pelo NaTelinha, alguns colaboradores estão chegando a exaustão física e mental em decorrência das mais de 12 horas de trabalho por dia. Diante desta situação e sem perspectiva alguma de melhora, os colaboradores não viram uma outra alternativa que não fosse recorrer ao sindicato. (Colaborou Danilo Reenlsober)