Fechar

EXCLUSIVO Acusada de homofobia, Aparecida Petrowky diz que dois ex-companheiros são gays

Artista se envolve em confusão com ator durante passeio em praia do Rio

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A atriz Aparecida Petrowky, que já estrelou novela na TV Globo, revelou que dois de seus ex companheiros são gays. Ela fez essa revelação à coluna, ao ser questionada sobre uma acusação de homofobia feita por um ator português.

Segundo Ruy Elias Ennes, Petrowky teria dirigido a ele algumas ofensas enquanto os dois estavam curtindo a praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. O rapaz procurou uma delegacia e fez um boletim de ocorrência contra a ex-atriz global, ao qual a coluna teve acesso. O caso teria acontecido em agosto deste ano.

Segundo consta no boletim, Ruy, que é amigo de Aparecida, narra que brincou com atriz e perguntou se ela “teria ficado afim de um cara” que passou por eles. Foi quando Aparecida teria jogado areia nele e o tratou usando um nome pejorativo, fazendo com que se sentisse humilhado. Ruy, então decidiu levar o caso à polícia.

“Passou um ambulante e eu perguntei para ela se ela estava afim do cara. Eu brinquei com ela. Ela levantou da areia e começou a gritar ‘seu viado’, fez um escândalo me jogando areia e me difamando de todas as formas. E é complicado porque essas difamações já vêm ao longo dos anos. Isso já vem acontecendo há um tempo, mas agora está gritante”, conta Ruy.

Continua após a publicidade
Aparecida Petrowky/Ruy Ennes (Reprodução)

Em conversa com a coluna, Ruy lembra que eles são amigos há bastante tempo e que se conheceram na época do teatro, ainda durante a faculdade de artes, em Ipanema. Ruy contou ainda que nunca antes havia aberto a ninguém sobre sua orientação sexual.

“Esse crime aconteceu e eu fiquei muito chateado. Nunca contei para ninguém sobre minha orientação sexual. Sou um cara super reservado, minha família me aceita da forma que eu sou. E eu esperei muito tempo para tomar essa atitude (denunciar) com medo de me expor”, diz o ator.

Ruy disse ainda que, na ocasião em que estavam na praia, ele reitera que fez apenas uma brincadeira com Petrowky e lamenta ter que passar por isso em pleno século 21. Apesar de terem bebido, Ruy entende que isso não é motivo para difamar outra pessoa e que nada justifica o crime. Segundo ele, não houve até o momento um pedido de desculpa da parte da atriz, embora ele tenha pedido que ela se desculpasse.

À coluna, Aparecida Petrowky, que foi casada com o cantor Felipe Dylon, inicialmente disse desconhecer a denúncia e justificou que não era homofóbica ao ressaltar que dois ex-companheiros seus são homossexuais. “Deve haver algum engano. Meus dois exs são gays”, disse a atriz.

Mas após a coluna enviar cópia do boletim de ocorrência registrado por Ruy, ela lamentou todo o ocorrido. Lamentável que o meu irmão, amigo, querido, queira me prejudicar para se promover como ator. Ator tem que trabalhar no ofício e ser discreto quanto a sua vida pessoal. Infelizmente muitos não pensam assim, mas eu respeito”, disse a atriz.