Fechar
EITA

Amado Batista faz retratação após dizer que Lula e seu filho são ladrões

Pedido de desculpas faz parte de um acordo no Tribunal de Justiça de Pernambuco

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Amado Batista pediu desculpas publicamente a Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, depois de afirmar que ele e o pai, o ex-presidente Lula, enriqueceram ilicitamente. Por causa das declarações, o cantor foi alvo de uma queixa-crime por injúria.

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a retratação é fruto de um acordo judicial realizado no Tribunal de Justiça de Pernambuco.

O discurso de Batista aconteceu no programa “Frente a Frente”, na Rede Nordeste de Rádio. “Além de ter roubado pra caramba. Existem pessoas que eram pobres antes do comunismo aqui, antes da esquerda, e que estão milionários hoje”, disse insinuando que Luís Inácio Lula da Silva e seus familiares enriqueceram ilicitamente. 

O veterano disse que para comprovar que Lulinha era um latifundiário e dono de cabeças de gado, bastava ir até Mato Grosso e o Pará: “Ao vivo e a cores”, afirmou durante a entrevista no ano passado.

Continua após a publicidade

No texto de retratação, Amado Batista confessa que repassou as informações se baseando apenas em boatos. “Apesar de ter dito que Fábio Luís Lula da Silva seria latifundiário e dono de cabeças de gado no Mato Grosso e no Pará, reconheço que essa Informação chegou ao meu conhecimento a partir de meros boatos irresponsavelmente difundidos na sociedade”, disse.

O processo também determina que o pedido de desculpas seja inserido no canal do YouTube Blog do Magno, onde as afirmações caluniosas foram veiculadas inicialmente.