Fechar
tristeza!

Amigos de Jesse Koz assistiram acidente que vitimou o influenciador e seu cachorro

‘Fizemos tudo que estava ao nosso alcance’, contou o casal Diego Strutz e Roana Petri Celeste

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Na noite desta terça-feira (24), um casal amigo do influenciador Jesse Koz, de 29 anos, usou as redes sociais para contar que estava junto do rapaz e de seu cachorro Shurastey no momento do acidente, que aconteceu nos Estados Unidos. Os dois acabaram falecendo após o fusca que usavam para viajar o mundo, colidir com um outro carro na estrada.

Diego Strutz e Roana Petri Celeste passaram o final de semana com Jesse e, na segunda-feira (23), pegaram a estrada rumo ao Canadá. Eles estavam em uma van e viram o acidente acontecer. “Sofremos um acidente muito feio na estrada. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance para salvar o Jesse e o Shurastey, mas infelizmente eles faleceram no local”, escreveu o casal nos stories do Instagram.

Em entrevista para o ‘ Portal G1’, Roana contou como aconteceu o acidente. “Íamos entrar no Canadá juntos. Saímos segunda de manhã, minutos depois o acidente aconteceu”, relembrou ela, que completou: “Jesse não conseguiu frear, perdeu o controle do fusca e bateu de frente com o carro que vinha no outro lado. Vimos tudo”.

Ainda nas redes sociais, Diego e Roana pediram para que as pessoas não compartilhem fotos do momento do acidente. Algumas imagens do fusca, depois da batida, foram divulgadas pela rede de televisão catarinense NSC TV. “Por favor, parem de publicar e compartilhar as fotos do acidente. Tenham respeito e compaixão por esse momento”, escreveram.

Continua após a publicidade

Ainda nesta terça-feira (24), o casal de amigos aproveitou para divulgar uma ‘vaquinha virtual’ para ajudar a trazer os corpos de volta ao Brasil. A meta de R$ 120 mil foi batida poucas horas depois. “Eles merecem a despedida mais linda que só nós podemos dar”, escreveram Diego e Roana. No Twitter, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, disse que fez contato com o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, solicitando apoio do Itamaraty para o translado dos corpos.

O influenciador Jesse Koz e seu cachorro Shurastey, da raça Golden Retriever, eram conhecidos por viajarem o mundo, em um fusca 1978, com placa de Balneário Camboriú. Os dois percorriam as Américas no veículo e tinham o objetivo de chegar ao Alasca em setembro deste ano. A viagem fazia parte de um projeto chamado ‘Shurastey or Shuraigow?’. O nome é uma adaptação da música ‘Should I Stay or Should I Go’ (Devo Ficar ou Devo Ir), da banda The Clash. Mais de 500 mil pessoas acompanhavam as aventuras do influenciador, do Golden Shurastey e do fusca Dodongo.

Nas redes sociais, fãs e famosos lamentaram a morte de Jesse e Shurastey. O apresentador Celso Portiolli escreveu: “Não é possível. Que tristeza”. Rubinho Barrichello também deixou uma mensagem para o influenciador. “Meu Deus, que coisa mais triste… RIP amigo. Foi um prazer conhecer vocês dois. Sinto muitíssimo”, disse o ex-piloto.

“Que notícia triste! Nossos sentimentos a toda família e amigos”, lamentou uma internauta. “Descansem em paz… Viveram uma aventura e inspiraram muita gente”, falou uma outra. “Caralh*, sem acreditar. Senti uma tristeza no coração, como se fosse um parente meu! Vão com Deus”, disse ainda um rapaz.