Fechar
sofrimento

Andressa Urach chora por problema na amamentação em um dos seios

Mama direita da ex-modelo não possui mais ductos para passagem do leite

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Andressa Urach tem dividido com seus seguidores do Instagram sua rotina do puerpério com o pequeno Leon, que nasceu na sexta-feira (11). Depois de 12 dias internada, a ex-modelo finalmente está em casa, mas desde a maternidade vem sofrendo com muita dificuldade para conseguir amamentar o bebê. Segundo ela, a amamentação no seio direito está inviável.

“Minha mama direita não tem os ductos para a saída de leite. Fica o alerta para quem um dia quer amamentar! Não faça redução de mama. Infelizmente meu peito direito empedrou e não tem por onde sair o leite. Estou sofrendo com dor e só vou conseguir amamentar com a mama esquerda”, contou ela.

Andressa Urach foi às lágrimas ao contar sobre a dor que sente com o leite empedrado. “Levou três dias para o meu leite descer e só em uma das mamas sai leite. A mama direita não tem os furinhos para sair o leite. Ela está enchendo, mas não tem os ductos para sair leite. Minha mama está extremamente cheia, mas não tem por onde sair. Está empedrando e doendo muito… Meu marido e as enfermeiras estão ajudando com compressas de águas frias para reduzir a produção de leite. Chorei muito de dor e me preocupa, porque se o leite não sai, causa uma inflamação”, explicou.

Ela ainda detalhou os procedimentos que realizou nos seios. “Quem me conhece sabe que eu tinha medo de não poder amamentar porque eu fiz cinco cirurgias plásticas na mama. Troquei a minha prótese cinco vezes e fiz uma redução mamária. Mexeu muito na estrutura da minha mama e nos ductos de onde saem o leite”.

Continua após a publicidade

Tags Relacionadas: