problema de saúde

Anitta recebe diagnóstico e descobre que terá que passar por cirurgia

Cantora foi diagnosticada com endometriose

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Anitta revelou que terá em breve que passar por uma cirurgia, após ter sido diagnosticada com endometriose. Apesar de não ter contado a data em que irá parar os trabalhos para cuidar da saúde, a funkeira revelou que o procedimento já está agendado. Ela disse ainda que, devido à cirurgia, precisou cancelar muitos compromissos profissionais.

“Não pode fazer muito esforço por um mês. Tive que cancelar muita coisa, mas era isso ou morrer de dor não, só depois do ato, mas também quando menstrua. Precisávamos agir rápido. Nove anos nesse sofrimento.”

A endometriose é uma doença ginecológica que pode causar cólicas menstruais severas, dores abdominais fora do período menstrual, dores nas relações sexuai, além de sintomas intestinais e urinários. A doença também pode impedir uma mulher de ter filhos.

Anitta contou que descobriu a doença no período em que acompanhou a recente internação do pai, Mauro Machado. “Pois bem galera… fui ficar com meu pai no hospital aquela vez. Comentei com minha querida amiga anja, Dra que comanda tudo lá, que eu tava em tempo de morrer de dor”, começou Anitta a contar.

“Ela fez meu milionésimo exame e pela milionésima vez… Não tem bactéria. Nunca teve em nenhum dos exames. A doutora (enviada pelo meu anjo da guarda só pode), fez na mesma hora uma ressonância em mim e estava lá. Endometriose. No dia seguinte, ela me levou em um especialista em endometriose. Fizemos os outros exames necessários pra ter certeza e aí está”, revelou.

A cantora disse ainda que vinha sofrendo com os sintomas da endometriose há muitos anos, mas os médicos nunca descobriam o que ela tinha. “Nove anos dessa novela e eu já tentei de tudo que todos os tipos de médicos já falaram. Todas as dicas, conselhos, técnicas que os médicos deram ou do Google também já tentei. E nada (e 9 anos deu foi tempo de eu tentar solução, hein?) porém nunca me pediram uma ressonância. Nenhuma matéria, artigo, site etc cogita a cistite de repetição como um possível sintoma de endometriose”, desabafou.

Por fim, fez um apelo para que mulheres tenham mais acesso às informações sobre saúde do corpo feminino. “Enfim… minha cirurgia tá marcada e aqui fica meu apelo por mais informações para as mulheres. Mais acesso, mais interesse geral em cuidar do corpo feminino para que a gente possa ser livre e conseguir se cuidar”.

E ainda deixou um alerta para as mulheres: “Pesquisem, galera. A endometriose é muito comum entre as mulheres. Tem vários efeitos colaterais, em cada corpo de um jeito. Podem se estender até a bexiga e causar dores terríveis ao urinar. Existem vários tratamentos. O meu terá que ser cirurgia”.