Fechar

EXCLUSIVO Antônia Fontenelle rebate acusação de ‘tomar’ vestido em desfile. Ouça o que diz a modelo

Em áudios, modelo acusa a youtuber de ter se apropriado do vestido que ela usaria em desfile no Copacabana Palace

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Após esta coluna noticiar o relato da modelo Keila Kamp, que acusou Antônia Fontenelle de ter ‘tomado’ seu vestido em um desfile no Copacabana Palace, a influenciadora digital se manifestou nas redes sociais para rebater a acusação de ter se apropriado da peça que a moça alega que seria usada por ela na passarela.

Antônia compartilhou um print de uma conversa com o estilista que confeccionou o ‘vestido da discórdia’. “Em conversa com o estilista Guilherme Tavares para entender a campanha difamatória que uma modelo resolveu fazer em cima de mim pra aparecer”, escreveu a youtuber na legenda da publicação.

No print, o estilista diz que a modelo Keila, na verdade, foi escolhida apenas para fazer a prova do vestido. “Essa galera não perde uma oportunidade. Tive que rir, Antônia. Realmente temos que ter estrutura para segurar essas coisas. Ela foi apenas uma modelo de prova para acabamento final do vestido”, disse Guilherme Tavares.

Antônia Fontenelle ainda ironizou o relato da modelo, ao compartilhar em seu feed do Instaram um vídeo ‘correndo’ com o vestido nas dependências do Copacabana Palace. “Arranquei o vestido do corpo da modelo e saí correndo. Acaba não, mundão”, escreveu ela na legenda do vídeo.

Continua após a publicidade

A coluna procurou o estilista, que prontamente se manifestou explicando sua versão dos fatos: “A coleção “REVIVE – Do Lixo ao Luxo”, inspirada no século XIX, teve o ator Sérgio Menezes, a atriz e apresentadora Antônia Fontenelle e a cantora Baby do Brasil encabeçando o time de modelos.
Os ‘looks’ foram pré-definidos e personalizados, ou seja, feitos sob medida para cada um dos participantes. A modelo em questão se vestiu antes da Antônia no ‘backstage’ para prova e ajustes finais, enquanto a Antônia passava pelo ‘beauty’. Na sequência, o vestido foi retirado para que a Antônia vestisse na abertura do evento, em alusão à paz mundial”, esclareceu o profissional.

Ele ainda defendeu a amiga Antônia Fontenelle: “Conheço Antônia há muitos anos, e isso não é do perfil dela. Também fico indignado e lamento muito algo desse tipo acontecer em um desfile alusivo à paz no mundo e à consciência socioambiental”, completou o estilista.

Áudios de Keila Kamp foram enviados à coluna pela irmã da modelo, Dani Odarah. Neles, Keila se monstra revoltada com Antônia por supostamente a youtuber ter ‘tomado’ o vestido que ela usaria no desfile.

“Eu fiquei muito mal. Eu cheguei primeiro, coloquei o vestido, ele [estilista] falou assim: ‘esse aqui vai ser o seu vestido, quando você tem de altura?’, eu respondi que 1,74cm e ele falou ‘esse é o vestido que escolhi pra você, você vai botar ele porque ele é bem grande e vai ficar bonito em você'”, começou contando Keila.

“Eu tinha amado o vestido. Aí ela [Antônia Fontenelle] chegou, foi se maquiar e tudo mais e eu tô vendo que ela realmente tá olhando pro vestido, depois eu escuto ela falando do ‘vestido de saco’, porque o vestido era todo feito de saco, ela falou que tinha gostado, aí falou assim: ‘ai, eu quero esse vestido’, aí fui lá pra fora fotografar e quando eu voltei, ele [estilista] falou assim pra mim: ‘eu vou ter que trocar você de vestido, porque eu vou ver o que a Antônia resolveu, se ela vai ou não querer”, continuou.

Keila explicou que precisou tirar o vestido para Antônia Fontenelle colocar. “Eu tive que tirar o vestido pra ‘bonita’ colocar, que ela resolveu, porque ela poderia ser uma pessoa humilde e falar assim ‘não, não quero não, deixa com a modelo’, né? Ela realmente decidiu porque ela ia abrir o desfile, depois ele me falou e eu tive que tirar o vestido e colocar outro”, falou.

“Depois disso eu fiquei muito mal o desfile inteiro. Todo mundo ficou perguntando do vestido e falando ‘nossa, que horror, ela poderia ter sido humilde e deixado com você, já que ela chegou depois’. Então, se ela diz que é uma pessoa correta, ela poderia, pelo menos, respeitar, porque ela é profissional e eu também sou modelo. Mas ela não fez nada disso. Se qualquer pessoa oferecesse, ela poderia falar ‘não, eu não quero, meu vestido não é esse’, mas não, ela foi lá e aceitou”, continuou relatando a modelo.

Keila afirmou que a apresentadora sabia que o vestido estava com ela. “Ela sabia que o vestido estava comigo, ela fez eu tirar o vestido. E ele, como uma pessoa que tá ali trabalhando, um estilista, vai negar o pedido dela? Vai negar pedidos de pessoas iguais a mim, a você, não somos figuras públicas, mas devemos ser respeitadas”, finalizou.

Ouça os áudios da modelo: