Fechar
JUSTIÇA

Após denúncia do MP, Carlinhos ‘Mendigo’ será citado por edital

O humorista é acusado de LGBTfobia pelas de publicações nas redes sociais direcionadas aos homossexuais e aos transgêneros

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A juíza Cecília Pinheiro da Fonseca, da 3ª Vara Criminal da Barra Funda, de São Paulo, determinou a citação do humorista Carlinhos Mendigo por edital. Isso porque, o artista não era encontrado para ser citado de uma ação penal movida pela Justiça Pública. Desta forma, deverá apresentar a defesa por escrito em um prazo de 10 dias.

Carlos Alberto da Silva foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo no mês passado.

Entenda a ação penal

Segundo a denúncia contra o humorista Carlos Alberto da Silva, ele é acusado de LGBTfobia por conta de publicações nas redes sociais consideradas ofensivas aos homossexuais e aos transgêneros.


Ele fez vários posts em julho, e em um deles dizia que, ‘preferia ser órfão do que adotado por uma mulher operada que se passa por homem para ter o privilégio de adotar uma criança’.

Continua após a publicidade

Já em outra publicação, os comentários também seriam ofensivos:

“Prefiro ser também órfão do que ser criado por um homem operado se passando também por mulher para querer ser mãe. Não existe jamais amor real nisso”.


Na ação, o promotor de Justiça, Fernando Albuquerque Soares de Souza, considerou que as afirmações de Mendigo são imbuídas de desprezo e ainda sugerem que os homossexuais e os transgêneros são inferiores, que não deveriam ter o direito de adotar, não sentem amor verdadeiramente e são semelhantes ao demônio.

Dessa forma, ele concluiu a denúncia com um alerta para a sociedade. “Essas afirmações propagam o ódio, incitam a discriminação e induzem ao preconceito e à violação de direitos humanos”.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff

Tags Relacionadas: