fim das investigações

Após denúncias da ex, Justiça arquiva inquérito policial contra Lucas Penteado

Arquivamento ocorreu após requerimento e parecer da promotoria de justiça

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

O inquérito policial que investigava as denúncias da ex-namorada de Lucas Penteado contra o ex-BBB foi arquivado pela Justiça. O juiz Luis Fernando Decoussau Machado, da Vara Central de Violência Doméstica, sentenciou o arquivamento, após requerimento e parecer da promotoria de justiça.

O inquérito foi instaurado em fevereiro de 2021, após acusações de violência doméstica feitas por Rariéllen Agda Silva de Oliveira. Ela também acusava o ator e a mãe dele, Andréa Regina Prata Penteado, de sequestro, cárcere privado e lesão corporal. As denúncias surgiram enquanto o ator ainda estava participando do BBB21.

O promotor de justiça, Pedro André Picado Alonso, da promotoria de enfrentamento à violência doméstica, fez a solicitação do arquivamento do inquérito, alegando que as provas de violência doméstica e cárcere privado apresentadas pela vítima eram fragéis e, por conta disso, não seriam suficientes para gerar uma ação penal e processo criminal contra Lucas Penteado.

Segundo o promotor, as próprias mensagens juntadas pela ex-namorada de Lucas Penteado mostram que os familiares e amigos dela sabiam que ela estava na casa de Lucas por vontade própria e que ela tinha controle da situação.

Quanto às acusações de lesão corporal, a promotoria cita que Rariellen não foi ao IML fazer o exame de corpo delito. Sendo assim, o promotor concluiu que “não há nos autos nenhum elemento, mínimo que seja, que corrobore as palavras da vítima”.

Lucas Penteado sempre negou as acusações da ex-namorada. Segundo o ex-BBB, na época em que mantinham um relacionamento, Rariellen ia para sua casa dele de livre e espontânea vontade, levando malas e mochilas pra ficar hospedada no local.

Sustentou ainda que, na ocasião, vivia viajando a trabalho e participando de gravações em estúdios de TV, e mesmo assim a ex ficava em sua residência, às vezes, e saia quando queria, inclusive para ir para a casa dos pais dela, de amigos e para trabalhar.

Lucas provou no inquérito que a porta do apartamento ficava praticamente encostada, já que a fechadura estava quebrada e a janela do apartamento ficava de frente pra casa do zelador do prédio. Além disso, o ator, as testemunhas, seus familiares e o zelador do prédio, afirmaram que ele nunca agrediu a ex-namorada.