Fechar

EXCLUSIVO Após internação, Jorge Aragão passará por cirurgia no Rio

Cantor está com um problema na vesícula e aguarda para ser operado

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Jorge Aragão foi internado no Hospital São Lucas, na zona sul do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (7), após passar mal. O cantor fez uma bateria de exames e está com uma cirurgia prevista para acontecer nesta quinta-feira (9). Ele foi transferido para o Hospital Copa Dor, também na zona sul, onde seu médico particular atende.

O motivo da cirurgia de Aragão, de 72 anos, é um problema na vesícula. O sambista, inclusive, já estava aguardando para operar desde 2020, mas acabou não acontecendo devido a pandemia da Covid-19.

Em nota, a assessoria do cantor informou que ele está bem e que agradece o o carinho e a preocupação do público. “O artista deu entrada no Copa Dor, no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (8). Aos 72 anos, Aragão tranquiliza os seus fãs, afirmando que está bem e que sua ida ao hospital se trata de um problema de um problema na vesícula, que já o incomodava desde 2020, mas não pôde ser tratado cirurgicamente devido a COVID-19. Aragão agradece, ainda, o carinho e preocupação do seu público e junto com sua equipe, se compromete a manter todos informados sobre seu estado”.

Essa não é a primeira vez que o sambista passa mal e é internado. No ano passado, Jorge Aragão estava em um compromisso na capital paulista, quando passou mal e acabou sendo atendido no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de São Paulo, o Incor. De lá, o cantor foi para Beneficência Portuguesa fazer uma bateria de exames e os médicos decidiram por uma internação para acompanhar de perto o caso.

Continua após a publicidade

Em abril do mesmo ano, Jorge Aragão passou por um cateterismo no Hospital São Lucas e se recuperou bem. Ele também já foi internado outras vezes por causa de problemas no coração, e foi submetido à colocação de stents várias vezes nos últimos anos.

Jorge Aragão briga com a ex na Justiça da família

Jorge Aragão e sua ex-mulher, Maria de Fátima Santos, travam uma batalha judicial por conta de pensão alimentícia. Após o cantor entrar com uma ação de oferta de alimentos para a ex, ela iniciou um processo contra o sambista pedindo revisão dos valores.

Atualmente, dona Maria de Fátima recebe R$ 10 mil mensais de pensão. No entanto, ela alega não ser o suficiente e busca, através da Justiça, passar a ganhar 15 salários mínimos por mês.

Jorge Aragão e Maria de Fátima foram casados em união estável por 34 anos, até que se separaram em 2016. Quatro anos depois da separação foi feito o reconhecimento e dissolução da união estável com a partilha de bens. Na divisão, o cantor deixou um apartamento localizado na Barra da Tijuca para a ex.

E apesar de ter um apartamento para chamar de seu, Fátima colocou o imóvel para locação e atualmente mora de favor na casa da ex-cunhada, irmã de Jorge Aragão. Ela também ficou com uma parte do valor da venda de uma casa do sambista, localizada em um luxuoso condomínio na Barra da Tijuca.

Apesar do longo relacionamento, o ex-casal nunca teve filhos. Mas Jorge Aragão criou as agora ex-enteadas, Janaina e Simone, como filhas, embora as duas sempre tenham tido seus respectivos pais presentes em suas vidas. O cantor ainda tem duas filhas biológicas, Tânia e Vânia, que são do primeiro casamento do artista.

A briga entre Jorge Aragão e a ex não está só na esfera judicial, já que eles romperam relações fora dos tribunais. As ações de alimentos tramitam na 4ª Vara de Família da Barra da Tijuca. O cantor já está em um novo relacionamento atualmente.