HOMOFOBIA

Após sofrer ataques homofóbicos, Carmo Dalla Vecchia registra queixa

Ator pediu às autoridades que investiguem mensagens de ódio que recebeu através das redes sociais

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Carmo Dalla Vecchia esteve nesta segunda-feira (11), na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (DECRADI), no Rio de Janeiro,  para registrar uma ocorrência dos ataques homofóbicos que foi vítima recentemente. No Instagram, o artista publicou uma foto com os advogados Samer Agi e Edemm Shalon, que o acompanharam até a unidade policial. 

Através de postagens no Instagram, o ator, que está no ar em “”Cara Coragem, da Globo”, expôs prints de mensagens de ódio que recebeu na rede social por conta de sua orientação sexual. Carmo é casado desde 2005 com o autor de novelas João Emanuel Carneiro. O casal é pai do menino Pedro Rafael. 

“Na manhã de hoje, acompanhado dos amigos e juristas @sameragi e @edemmshalonadv, registramos ocorrência em razão dos ataques de que fui vítima há alguns dias. A responsabilização penal daqueles que se valem do anonimato da internet para injuriar e discriminar pessoas por sua orientação sexual é necessária e pedagógica”, iniciou.

Dalla Vecchia diz que agora cabe à polícia investigar o crime. “Precisamos aprender a nos respeitar sempre, em qualquer lugar e de todas as formas. Agora, a polícia civil fará o trabalho investigativo. Agradeço à delegada Déborah e à toda equipe da DECRADI a atenção. Unidos, construiremos uma sociedade melhor”, finalizou.

No início deste mês, Carmo Dalla Vecchia para expor uma mensagem homofóbica que recebeu no direct do Instagram. Na mensagem, a pessoa chega a mencionar o filho do ator, de 3 anos, fruto de seu casamento com o autor João Emanuel Carneiro. Carmo, no entanto, não deixou barato e respondeu o ataque.

“Teus filhos serão gays iguais a você. Tu vai ensiná-los a ser assim. É por isso que o mundo está repleto de vocês, porque vocês influenciam os garotos a serem assim. Seus vermes”, escreveu a pessoa.

Carmo Dalla Vecchia respondeu: “Será que os seus sairão iguais a você? Se saírem, eu os abraço também. Eu entendo. Faltou amor, carinho, afeto, deve ter sido difícil. E pela sua fala, continua sendo. Não te responderei mais porque talvez só alimente mais a sua ira. Mas desejo profundamente que evolua“, começou.

O ator ainda continuou dizendo que amará o filho independentemente de quem ele quiser ser. “Mas se meu filho for gay, acho que vou amar mais ainda. Se isso for possível. Acho que não. Já amo até o céu sendo ele quem quiser ser”, finalizou. Na legenda, Carmo completou: “Vida que segue e segue linda e colorida… Tomara que para todos”.

Amigos e fãs do ator deixaram mensagens de carinho na publicação do Instagram. “Te amo”, escreveu Marcelo Serrado. “Só o amor salva”, falou Lucy Ramos. “Amor amor amor amor amor muito amor”, disse Kiko Mascarenhas.

“Gente tão amarga assim deveria ser estudada pela NASA. Deus me livre de um pai desses. Imagina o que as crianças não devem sofrer na mão dele? Digno de dó”, analisou uma fã de Carmo Dalla Vecchia. “Eles jogam ódio… A gente joga amor”, completou uma outra pessoa. “Só vejo amor em você. Dói ler essas ofensas gratuitas, certamente não existe amor nesse ser”, falou ainda uma terceira.