Fechar

EXCLUSIVO Após vender imóvel, Rolando Boldrin aciona Justiça

Ator ainda não conseguiu receber quase meio milhão do negócio realizado

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Rolando Boldrin entrou com uma ação de execução contra um empresário, após vender um imóvel de 828,54 metros quadrados construídos, localizado em Carapicuíba, São Paulo. O contrato de compra e venda, no mês de outubro de 2010, não se cumpriu conforme o artista esperava. Isso porque, o ator entregou o bem por R$ 900 mil, tendo lavrado a escritura, ocasião em que o comprador pagou à ele somente R$ 500 mil.

O problema é que, o restante da quantia, de R$ 400 mil, na época, seria pago com três apartamentos em um prédio a ser construído, contudo, houve a interrupção do empreendimento e ele se viu obrigado, no ano seguinte [em maio de 2011], a assinar com a outra parte um instrumento particular de confissão de dívida.

Pois bem. De acordo com o processo, ficou ajustado que o empresário pagaria R$ 481 mil para quitar o valor em aberto com Boldrin, dessa forma, R$ 300 mil desse montante seriam pagos em 60 parcelas de R$ 5 mil cada, e a diferença, de R$ 181 mil, pagos em parcelas anuais de R$ 36 mil.

Segundo consta na ação, o famoso só recebeu a primeira parcela, de R$ 5 mil, e briga na Justiça para reaver toda a fortuna.

Continua após a publicidade

A juíza Mariana Parmezan Annibal, da 2ª Vara Cível de Carapicuíba, São Paulo, deferiu um pedido do ex-apresentador do Som Brasil, e autorizou a penhora do imóvel.

Depois de diversas tentativas em localizar o empresário, para informá-lo da situação da penhora, a Justiça deferiu a intimação do comprador por edital.

Até o momento Boldrin não conseguiu ser ressarcido dos prejuízos.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff