Fechar
Polêmica na internet

Assessoria de Zé Felipe e Virgínia se manifesta sobre acusação de gordofobia

“É, no mínimo, injusto creditar o viral à Virginia e ao Zé Felipe”, diz a representante da equipe do casal

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

A recente polêmica envolvendo a acusação de gordofobia contra o cantor Zé Felipe e sua mulher, a influenciadora Virgínia Fonseca, acaba de ganhar um novo capítulo. Cristiane, a jovem natalense que aparecia em uma publicação do casal, na qual os dois debochavam de um desabafo dela sobre comer 12 pães no café da manhã, analisa a possibilidade de processar os dois por gordofobia.

Em entrevista à TV Parnaíba, Cristiane falou sobre o por que decidiu entrar com uma ação contra o casal queridinho da internet. “Chegou através da minha amiga a notícia. A mulher do cantor Zé Felipe fez um stories divulgando meu sofrimento, tudo que eu passei na obesidade, no momento de mais desespero quando eu procurei ajuda na Igreja Universal, ele zombando e rindo do meu sofrimento”, disse.

Após as imagens de Zé Felipe e Virgínia rindo do desabafo de Cristiane ter viralizado nas redes sociais, o casal foi altamente criticado pela postura e chamado de ‘gordofóbico’. Em posicionamento enviado ao colunista Marcelo Bandeira, do Portal IG, uma representante de Zé e Virgínia falou sobre o episódio.

“Os vídeos que viralizam são fragmentados, não mostram a real situação. Neste caso específico, foi exatamente o que aconteceu, nem Virgínia nem Zé Felipe sabiam do problema enfrentando por ela, aliás, não havia nenhum indício de onde isso fosse caracterizado. Este tipo de coisa infelizmente é comum e acontece com muita frequência com as pessoas públicas também. Uma fala ou algo parecido se extrai de um contexto, alterando totalmente o conteúdo original. É, no mínimo, injusto creditar o viral à Virginia e ao Zé Felipe”, disse a representante da equipe do casal.

Continua após a publicidade

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff