descanse em paz!

Ator de ‘O Poderoso Chefão’ morre aos 82 anos

James Caan faleceu na noite desta quarta-feira (6) e a informação foi divulgada nas redes sociais do ator

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

O ator James Caan, que interpretou ‘Sonny Corleone’, no filme ‘O Poderoso Chefão, morreu nesta quarta-feira (6), aos 82 anos. A notícia foi divulgada nas redes sociais do artista e a causa da morte ainda não foi informada. “É com grande tristeza que informamos o falecimento de Jimmy, na noite de 6 de julho. A família agradece a manifestação de amor e sinceras condolências e pede que continuem a respeitar a privacidade deles durante este período difícil”, escreveram no Twitter.

James ficou conhecido pelo seu papel no filme ‘O Poderoso Chefão’, em 1972. No clássico, ele viveu o filho mais velho de Vito Corleone. O personagem ‘Sonny Corleone’ lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor ator coadjuvante.

Nas redes sociais, após a divulgação da notícia, diversas celebridades do cinema lamentaram a morte do ator. “Sinto muito. Eu amei trabalhar com ele. Era o único judeu que conhecia que podia laçar bezerros. Amor para a família”, escreveu Rob Reiner, diretor de ‘Louca Obsessão’, filme protagonizado por James Caan.

“Descanse em paz, James Caan. Estou chocado. Tive muita sorte de, depois de uma vida inteira amando seu trabalho, trabalhar com ele e amá-lo ainda mais como pessoa. Divertido, caloroso, autodepreciativo e naturalmente talentoso. Dizem para nunca conhecer seus heróis, mas ele provou que esse ditado está muito, muito errado”, falou também Andy Richter, que atuou com o ator em ‘Um Duende em Nova York’.

James Gunn, diretor do filme ‘Guardiões da Galáxia’, da Marvel, também se manifestou. “Descanse em paz, James Caan. Há tantos filmes dele que eu amo, ‘O Poderoso Chefão’, claro, no topo, mas há mais alguns que eu adoro. (‘Profissão: Ladrão’ em particular era um clássico da família Gunn. Eu tinha o pôster na parede da minha casa no ensino médio)”, escreveu no Twitter.