Fechar

EXCLUSIVO Baixa audiência das novelas não impacta orçamento da Globo

Emissora ‘esquece’ resultado ruim de trama junto ao público por conta do sinal verde nas contas finais da produção

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

O importante é não ter prejuízo. Essa tem sido a frase mais usada pelos diretores do departamento de dramaturgia da Globo sobre a questão das baixas audiências das novelas da atual grade da programação. Prestes a acabar, já que ‘Além de Ilusão’ estreia dia 7 de fevereiro no horário das 18h, ‘Nos Tempos do Imperador’ foi bem avaliada pela cúpula da emissora mesmo com pouca repercussão junto ao público.

 A trama de Alessandro Marson e Thereza Falcão e direção de Vinícius Coimbra tirou nota sete por conta da audiência em torno dos 18 pontos, três pontos abaixo da média das cinco últimas novelas da faixa, mas a direção elogiou atuações dos atores e, especialmente, dos nomes menos famosos do elenco, e bateu mais palmas ainda com o orçamento fechado da produção

Por conta do número reduzido de atores do alto escalão e a aposta em um elenco de novatos e de profissionais com contratos por obras de valores baixos, a novela fechou no verde e é exatemente isso que a Globo quer daqui po diante: não tomar prejuízos com as novelas. Com ‘Um Lugar ao Sol’ e ‘Quanto Mais Vida Melhor’ são as mesmas estratégias.

A emissora vai seguir com a tática em ‘Além de Ilusão’. Tirando Larissa Manoela, Rafael Vitti, Danilo Mesquita e Marcello Novaes, os salários estão dentro da nova política da casa, que torce agora para que a obra de Alessandra Poggi tenha mais sucesso com os telespectadores.

Continua após a publicidade