SITUAÇÕES INACEITÁVEIS

Bárbara Borges conta que sofreu assédio sexual após posar para Playboy

Atriz deu detalhes de um episódio que foi convidada para um trabalho e o contratante queria uma noite com ela

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Bárbara Borges, de 43 anos, falou sobre a repercussão dos dois ensaios para a revista Playboy, em 2004 e em 2009. Em entrevista ao podcast Papagaio Falante, a atriz disse que o sucesso das publicações lhe rendeu bons frutos, mas também fez com que ela acabasse passando por situações de assédio. 

“Hoje falo com mais tranquilidade sobre isso, mas, durante um tempo, não segurei muita a onda da repercussão que foi. Mexeu muito com meu emocional. Sofri assédio masculino, algumas situações constrangedoras que vivi por acharem que uma mulher que posou para a Playboy tinha um valor para fazer sexo”, desabafou a atriz.

A artista falou de um episódio marcante, em que ela ficou desesperada. “Vivi situações em que fiquei em pânico. [Houve ocasião] de eu ser contratada para um trabalho, como garota-propaganda de alguma coisa, e o contratante querer uma noite comigo, achar que poderia ter uma noite comigo. Virar para mim e dizer: ‘me dá um beijo agora. Você não é atriz? Não beija a boca de todo mundo?’ Dentro do carro dele!”, detalhou.

Ela conta que evitava falar sobre os ensaios. Ela acredita que a revista também acabou refletindo na sua carreira artística. “Durante muito tempo, eu não queria falar sobre a Playboy. Tomei um rumo em que não queria que me vissem mais pelo meu corpo. Entrei em pânico. Começaram a me colocar só em personagens que eram mulheres gostosonas, e não saía disso”, concluiu.