Fechar
tiro certeiro

BBB22: Arthur monta ‘jogada de mestre’ para que Laís não escape do Paredão

Ator já pensou em todas as possibilidades de contratempo para a hora de sua indicação ao vivo, na formação do novo Paredão

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Não é segredo para ninguém que o voto do líder Arthur Aguiar é em seu principal desafeto na casa, a sister Laís Caldas. No entanto, há ainda a possibilidade de o ator perder seu voto na médica, caso o Anjo da semana, Lucas Bissoli, resolva dar o colar da imunidade para ela.

No quarto Lollipop, o estudante de medicina já demonstrou haver, sim, a possibilidade de ele dar a imunidade para a goiana. Lucas citou na conversa que teve com seus aliados que, caso ele dê o colar da imunidade para Laís, Arthur possivelmente redirecione seu voto para as comadres, Linn da Quebrada ou Jessilane.

No entanto, o que Lucas não contava era que Arthur Aguiar já estava no quarto do líder discutindo suas estratégias para a formação do Paredão e expôs uma verdadeira ‘jogada de mestre’ para garantir que seu jogo não sofra com contratempos.

Já ciente da possibilidade de Laís não poder ser votada por conta da imunidade do Anjo, o marido de Maíra Cardi deixou claro que, caso o colar vá para sua inimiga no jogo, seu voto automaticamente passa a ser de Eslovênia, affair do Anjo Lucas.

Continua após a publicidade

Em resumo, Lucas deixando de imunizar Eslô para ajudar Laís a escapar do Paredão, ele automaticamente coloca a modelo na berlinda, já que Arthur prometeu não votar em Lucas após o estudante de medicina ter cedido a liderança conquistada em dupla para ator. Agora, resta saber se Arthur Aguiar vai fazer questão de deixar sua nova estratégia chegar aos ouvidos do novo Anjo.

Polêmica na Prova do Anjo

Eliezer jura bem jurado que o líder Arthur Aguiar trapeceou na hora de sortear os participantes que iriam disputar a Prova do Anjo. O empresário, Lina e Jessi ficaram de fora da competição por não terem sido sorteados pelo líder.

Eli começou a especular que Arthur tenha olhado a urna antes de tirar os nomes dos brothers. “Vocês repararam que na hora do sorteio?”, começou ele. “O Arthur estava olhando. No início estava olhando, depois ele parou”, completou Laís. “Quando sorteou o último nome, do D.G [Douglas], ele olhou”, continuou o empresário. “Eu não vi. Eu vi o início”, lembrou a médica.

Eli então seguiu defendendo sua tese: “O rosto dele estava bem em cima e ele estava olhando. Eu não sabia porque nunca sorteei nada, mas a Natália falou que dá pra ver. Ele estava vendo os nomes. Será que ele estava escolhendo?”, questionou.

“Eu vi ele olhando, mas não sei se foi de propósito”, disse Laís. Lina então pediu que as especulações parassem. “Não vamos levantar acusações que não podemos provar. Se ele tivesse a possibilidade de escolher, não iria escolher a Laís [para jogar], né?”, ressaltou a cantora.

Ainda sem aceitar e acreditando na possibilidade de trapaça, Eliezer foi ao confessionário pedir que a produção revisasse o momento do sorteio. “Pedi a revisão desse momento. E disse: ‘como tenho a dúvida, decidi trazer isso para vocês”, contou o brother às suas colegas de confinamento.