Fechar
Mais confusão

BBB22: Brothers se reúnem para tentar combinar votos e conversa vira treta

Douglas Silva e Arthur Aguiar discutem feio na frente de Scooby e Paulo André e o clima fica pesado entre os participantes

Fábia Oliveira EM OFF
Fábia OliveiraColunista do EM OFF

Douglas Silva e Arthur Aguiar não se bicam mesmo. Na madrugada deste sábado (26), os ânimos dos dois atores se inflamaram por conta de uma tentativa de combinação de votos entre eles e a dupla Paulo André e Pedro Scooby. Tudo começou por conta da indicação da sister Laís.

Arthur sugeriu que a emparedada fosse a médica goiana e DG não concordou. “Mas você acha que ela não vota em você nem para se salvar?”, questionou ele que ouviu como resposta que prefere ‘dar uma chance’ para a médica goiana.”Se você não quer, não quer mano”, disparou o também cantor, que já está no sexto Paredão. “Então tá, não quero, é isso. Na sua cabeça está tudo certo. Obrigado pela sua estratégia, agradeço muito”, disse DG ironizando o brother.

“Minha estratégia não, já estou no paredão também”, declarou. Sem paciência, Paulo André resolveu entrar na conversa. “Vocês parecem crianças, mano”, observou e Douglas não gostou. “Eu pareço criança?”, questionou. O atleta insistiu: “Sim, você e ele”.

Arthur concordou e falou em alto e bom som. “Tu está sempre certo, velho”. Douglas rebateu: “Vai tomar no c*. Cara*** mano! Po***, o moleque parece um imbecil, velho.”

Continua após a publicidade

Scooby e Paulo André vão atrás do companheiro de quarto Grunge na área externa e a treta continuou. “Beleza, chegamos numa conclusão. De todas as possibilidades, chegamos numa conclusão. ‘Então já é, DG’. Se for para pensar assim, está tudo certo. Mas não tem que ficar batendo o pé, saindo chutando o balde, chutando latinha igual a um otário, pô. Igual a uma criança mimada”, disse Douglas Silva.

Scooby se meteu e soltou: “Por isso que eu não gosto dessas conversas”. E aí Douglas Silva interrompeu. “Não tem problema ter essa conversa, é isso que você não está entendendo. Não tem problema, mas tem que respeitar a opinião dos outros. Da mesma forma que eu respeito a opinião dele e coisa e tal, ele tem que respeitar a minha opinião. Não tem que sair batendo latinha, chutando latinha…”, pontuou.